Operação de abastecimento em Tarauacá atende mais de 2.500 famílias por dia

Trabalho de abastecimento de água ameniza dificuldades (Foto: Assessoria Depasa)
Trabalho de abastecimento de água ameniza dificuldades (Foto: Assessoria Depasa)

O Rio Tarauacá apresentou os primeiros sinais de vazante. O nível do manancial baixou mais de 50 centímetros ao longo desta quarta-feira, 19. Equipes da prefeitura, Estado e Defesa Civil trabalham no atendimento às vítimas da alagação e oferecem condições para minimizar o sofrimento das famílias.

O Departamento Estadual de Pavimentação e Saneamento (Depasa) disponibiliza água tratada, por intermédio de caminhões-pipa e caixas d’água, e a prefeitura e a Defesa Civil levam o produto às famílias que permanecem nas casas em áreas alagadas.

“Desde sábado, estamos direto nessa operação. A gente começa às 7 horas e vai até as 18. Almoçamos aqui dentro mesmo, vêm marmitex pra gente. Eu estava em uma canoa pequena ontem, hoje estou nessa maior. Mas, quanto menor a canoa, mais rápido para abastecer”, disse Francisco Abreu da Silva, servidor da prefeitura que está trabalhando na operação de fornecimento de água tratada.

Francisco Abreu (camisa vermelha) ajuda no trabalho de abastecimento (Foto: Assessoria Depasa)
Francisco Abreu (camisa vermelha) ajuda no trabalho de abastecimento (Foto: Assessoria Depasa)

Cada barco abastece em média cinquenta famílias por dia. Ao todo, são mais de 50 canoas e barcos à disposição da Defesa Civil e do Depasa para garantir o abastecimento.

Francisco Abreu da Silva conta que o rio encheu repentinamente. “Começou na sexta à noite. Sábado de manhã, já estava quase desse jeito que está hoje”, disse.

Uma equipe de engenheiros do Depasa viajou de Rio Branco para dar o suporte ao escritório do Depasa em Tarauacá. A diretora de saneamento, Dannya Coutinho, e o diretor-presidente em exercício, Marcos Lourenço, estiveram na cidade nesta quarta-feira, 19, para verificar de perto a situação. Durante toda a manhã, eles visitaram de barco uma das áreas alagadas e colaboraram com a operação de abastecimento.

“Na verdade, estivemos em Tarauacá para dar apoio às nossas equipes, além ficarmos à disposição dos órgãos que estão trabalhando neste momento de dificuldades no município. É um trabalho em conjunto, que está sendo feito com a prefeitura e o governo do Estado, através de vários órgãos. Nós estamos garantindo a água tratada, os reservatórios, a prefeitura, o Corpo de Bombeiros, o Exército e o transporte”, garantiu Marcos Lourenço.

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Pinterest