capacitação

OCA realiza entrega do relatório final de implantação da Política de Atendimento no Cecon Rio Branco

Por Camila Gomes

Na manhã desta terça-feira, 6, a Organização em Centros de Atendimento (OCA) realizou a entrega do relatório final de implantação da Política de Atendimento realizada com os servidores do Centro de Controle Oncológico do Acre (Cecon).

A OCA tem como um dos seus pilares o compromisso de entregar um atendimento de qualidade ao cidadão acreano. Foi pensando nisso que, dos dias 7 a 10 de novembro, a organização promoveu uma capacitação aos profissionais do Cecon sobre a Política de Atendimento ao Cidadão, oferecendo cursos sobre Ética no Serviço Público, Gestão da Qualidade, Posturas e Comportamentos no Ambiente de Trabalho e como utilizar uma linguagem simples para com o cidadão.

“A entrega do relatório final consolida todo o trabalho realizado e as percepções da equipe no ambiente de capacitação. Mas o trabalho não acaba aí. Após três meses, nós sugerimos que haja um novo módulo de monitoramento e aperfeiçoamento, para garantir que as boas práticas de atendimento não se percam e continuem a ser usadas no serviço”, afirma a diretora da OCA, Fran Britto.

A assistente social do Cecon, Rosimeire Maia, afirma que a capacitação foi significativa e extraordinária para todos os que participaram, podendo assim enxergarem suas necessidades, que muitas vezes não são perceptíveis. Foto: Camila Gomes/OCA.

Segundo o chefe do Departamento da Política de Atendimento da OCA (Depoa), Anderson Cogo, este é mais um passo importante que mostra a equipe OCA avançando no seu propósito de coordenar o processo de que os organismos públicos do Estado possam melhorar a qualidade na prestação de serviços: “Além de todo o processo de qualificação, também é primordial a troca de ideias e o compartilhamento de boas práticas de gestão de atendimento entre as parcerias desenvolvidas”, diz.

Política de Atendimento ao Cidadão

A Política de Atendimento ao Cidadão foi estabelecida no Acre por meio do Decreto n° 3.357, em 2008. A implantação nos setores públicos é de responsabilidade da Organização em Centros de Atendimento (OCA). A medida garante a excelência nos serviços prestados pela administração pública do Estado.