setembro amarelo

OCA adere à campanha nacional de saúde mental e prevenção ao suicídio

Marcando participação na campanha nacional Setembro Amarelo, a Organização em Centros de Atendimentos (OCA) desenvolve, para servidores e população em geral, ações dedicadas à conscientização sobre saúde mental e prevenção ao suicídio. A iniciativa visa promover a importância de buscar ajuda, fornecer recursos e apoio e demonstrar solidariedade com aqueles que enfrentam desafios psicológicos.

Atendentes vestidos de amarelo expressam solidariedade à campanha nacional. Foto: Assessoria OCA

Uma das iniciativas destacadas na programação da unidade da OCA em Rio Branco foi a roda de conversa sobre saúde mental, realizada na sexta, 15, em parceria com a instituição de ensino Estácio Unimeta. O debate proporcionou um espaço seguro para compartilhar vivências e informações, com distribuição de panfletos orientativos sobre como buscar ajuda e reconhecer os sinais das doenças.

Servidores de todas as unidades demonstraram apoio à campanha de prevenção. Foto: Assessoria OCA

As unidades de Brasileia e Cruzeiro do Sul também participaram da campanha. Na OCA de Brasileia, em parceria com a prefeitura local, a psicóloga Raimunda Cardozo ministrou, nessa quarta-feira, 20, uma palestra sobre o tema, enquanto a psicóloga Lis Caroline Rocha abordará temas semelhantes na unidade de Cruzeiro do Sul, no dia 26 de setembro .

Além disso, em todas as unidades da central acreana, muitos servidores vestiram amarelo como símbolo de apoio à causa da saúde mental.

Para a diretora do órgão, Fran Brito, “ter cuidado empático com o servidor é um valor inegociável. Promover um ambiente de trabalho saudável, acolhedor, onde as pessoas saibam que podem ter cuidados com a saúde e receber informações é muito importante para todos. Cuidar de quem cuida do cidadão é garantir pessoas sempre dispostas no ambiente de trabalho”.