O Lugar Onde Vivo: lançada 5ª edição da Olimpíada de Língua Portuguesa

As inscrições para a primeira etapa se encerram em 30 de abril (Foto: Marinez Lopes/SEE)
Inscrições para a primeira etapa se encerram em 30 de abril (Foto: Marinez Lopes/SEE)

Com o tema “O Lugar Onde Vivo”, a 5ª edição da Olimpíada de Língua Portuguesa Escrevendo o Futuro está aberta em todo o país.

No Acre, a Secretaria de Estado de Educação e Esporte (SEE) fez o lançamento da edição na manhã desta quarta-feira, 16, no auditório da instituição, em Rio Branco.

“A olimpíada cumpre um papel fundamental no processo de formação de nossos alunos, melhorando a qualidade da escrita e da leitura, e isso passa pela formação dos professores. Prova disso é que o primeiro professor inscrito foi da nossa rede”, destacou o secretário de Estado de Educação, Marco Brandão.

Participaram da solenidade gestores, professores e estudantes. Também estiveram presentes os representantes do Centro de Estudos e Pesquisas em Educação, Cultura e Ação Comunitária (Cenpec) e da rede de ancoragem da Olimpíada no estado, além do tripé Conselho Nacional de Secretários de Educação (Consed), União dos Diretores Municipais de Ensino (Undime) e Universidade Federal do Acre (Ufac).

O concurso é nacional, e nesta edição busca resgatar histórias e estreitar vínculos com a cultura e com a comunidade local. Para a representante do Cenpec, Denise Teixeira, o maior legado do concurso é a qualificação dos educadores: “Eles estarão aptos e dominarão os gêneros, e assim ensinarão melhor”, frisou.

Cilene Gaspar, da rede de ancoragem, explica o processo: “Envolve muito planejamento. Os professores passam por formação e em seguida realizam oficinas nas salas de aulas. Ao final, os candidatos estarão sabendo para quem fazer, como fazer e para que fazer”, explicou.

As inscrições podem ser feitas até o dia 30 de abril, pelo site www.escrevendoofuturo.org.br. Podem participar professores e alunos das redes estaduais ou municipais, do 5º ano do ensino fundamental ao 3º ano do ensino médio.

Gêneros

Neste ano, são quatros categorias de gêneros textuais: poema para estudantes do 5º e 6º anos do ensino fundamental; memórias literárias, do 7º e 8º anos; crônica, do 9º e 1º ano do ensino médio; e artigo de opinião, para jovens do 2º e 3º do ensino médio.

Etapas

O concurso é dividido em etapas. A primeira é das inscrições e adesões das secretarias de Educação e professores, seguidas pelas oficinas e posterior elaboração dos textos.  Ao longo do ano, são organizadas comissões que julgarão os trabalhos nas etapas escolar, municipal, estadual, regional e nacional.

Essa é uma iniciativa do Ministério da Educação e da Fundação Itaú Social, com coordenação técnica do Cenpec. A última etapa está prevista para dezembro.