Novos técnicos rurais passam por oficina de qualificação no Antimary

Glenilson Figueiredo, Seaprof, e Idésio Franke, Emater, conversaram com os profissionais neste domingo sobre assistência técnica e extensão rural (Foto: Leônidas Badaró/Secom)
Glenilson Figueiredo e Idésio Franke conversaram com os profissionais sobre assistência técnica e extensão rural (Foto: Leônidas Badaró/Secom)

Durante 5 dias, 48 novos técnicos contratados pelo governo do Acre para prestar assistência técnica e extensão rural (Ater) passaram por uma oficina de nivelamento de informações para fortalecer as ações realizadas nas comunidades rurais do estado.

Os profissionais foram contratados para atender a demanda de Ater dos Planos de Desenvolvimento Comunitário (PDC), que se constituem em estratégias para o desenvolvimento de comunidades localizadas em áreas de difícil acesso, por meio do Programa de Inclusão Social e Desenvolvimento Econômico e Sustentável do Acre (ProAcre).

Ao todo, mais de cinco mil famílias de produtores rurais serão beneficiadas com os investimentos em Ater em cerca de cem comunidades espalhadas pelo estado.

Roney Santana, coordenador de Assistência Técnica e Extensão Rural da Secretaria de Extensão Agroflorestal e Produção Familiar (Seaprof), explicou os objetivos da oficina: “Todo o trabalho que estamos fazendo é preparar esses técnicos para que tenham condições de atender as demandas de Ater nas comunidades e, consequentemente, ajudar os produtores familiares”.

Técnica florestal, Thayslandia Saldanha, é uma das novas contratadas e vai trabalhar em Porto Acre, Bujari e Senador Guiomard (Foto: Leônidas Badaró/Secom)
Thayslandia é uma das novas contratadas e vai trabalhar em Porto Acre, Bujari e Senador Guiomard (Foto: Leônidas Badaró/Secom)

A capacitação, para quem foi contratado, é uma ótima oportunidade de conhecer quais são as demandas do programa. É o caso da técnica florestal Thayslandia Saldanha, que elogiou o conteúdo da oficina. “Esses dias de capacitação fora incríveis. Os profissionais que ministram a oficina são muito competentes e tivermos a oportunidade de muito aprendizado”, afirma a profissional, que prestará serviço nos municípios de Porto Acre, Bujari e Senador Guiomard.

Gestores da Seaprof e Emater entregam certificados

Durante este domingo, 20, Glenilson Figueiredo, secretário de Extensão Agroflorestal e Produção Familiar do Acre (Seaprof) e Idésio Franke, presidente da Emater, estiveram na Florestal Estadual do Antimary, local da oficina, para a entrega dos certificados aos novos profissionais contratados.

“A contratação desses novos técnicos vai ser importante para que tenhamos condições de, até o fim do ano, fazer uma grande avaliação do programa e analisar o crescimento das atividades produtivas e o desenvolvimento comunitário de cada comunidade atendida pelo ProAcre”, afirma Idésio.

Já Glenilson Figueiredo lembrou o desafio dos técnicos recém-contratados. “Temos uma grande meta pela frente que é elevar a qualidade de vida dos produtores. O nivelamento é importante porque são esses profissionais que vão lidar no dia a dia e ajudar no desenvolvimento das comunidades rurais”.