sejusp

Nota pública sobre instalação de Gabinete de Crise para reforçar investigações policiais e conter crimes contra a vida

O governo do Estado do Acre, por meio da Secretaria de Estado de Justiça e Segurança Pública (Sejusp), a Polícia Civil e a Polícia Militar do Estado do Acre, reuniu o Serviço de Inteligência da Sejusp, os comandos da PM e a direção da Polícia Civil para uma análise dos episódios de violência ocorridos na noite deste sábado, 26, em Rio Branco e no interior.

Da análise sobre as últimas ocorrências de crimes violentos intencionais, foi possível extrair que eles ocorrem em razão do enfrentamento entre organizações criminosas, enquanto que outros exigem das Forças de Segurança um aprofundamento maior para uma conclusão efetiva sobre do que se tratam.

Contudo, é importante ressaltar que diante das análises e da troca de dados entre as forças e a Inteligência da Secretaria, foi possível potencializar as informações que foram encaminhadas para investigação pela Polícia Civil, assim como foi acordado que a PM, com o apoio da Sejusp, estará fortalecendo o policiamento ostensivo nos bairros onde foram identificadas as maiores possibilidades de violência contra a vida.

Como resultado da reunião foi também instituído um Gabinete de Crise para acompanhar, em tempo real, todos os fatos, e adotar providências por meio de recursos humanos e logísticos necessários para conter esses episódios de violência que assola o estado, neste momento.

Luciano Fonseca
Comandante-geral da Polícia Militar do Estado do Acre

Henrique Maciel
Diretor-geral da Polícia Civil do Estado do Acre

Paulo Cézar Rocha dos Santos
Secretário de Estado de Justiça e Segurança Pública do Estado do Acre