Aniversário

Nos 56 anos do MPAC, Gladson convida procuradores a auxiliar na solução de entraves na Saúde

Governador enaltece trabalho do parquet acreano e faz pedido para que procuradores e promotores ajudem o Executivo a fazer a pasta da Saúde entrar nos trilhos novamente

O governador Gladson Cameli renovou os laços de apreço e de reconhecimento pelo Ministério Público do Estado do Acre (MPAC), em sessão especial do Colégio de Procuradores, nesta sexta-feira, 26, em celebração dos 56 anos de fundação do Parquet acreano.

Optando por um discurso prático, em que valeu como um chamado aos promotores e procuradores do MPAC para que se engajem com o Governo do Estado nos entraves que ainda teimam em existir na Secretaria de Estado da Saúde, Gladson Cameli pediu o auxílio de todos para que a pasta volte a funcionar.

Governador Gladson Cameli fala para os presentes no aniversário de 56 anos do Ministério Público do Estado do Acre, celebrado nesta sexta-feira, 26 (Foto: Diego Gurgel/Secom)

“Não tem um minuto que não haja um problema na Saúde, e há ali vidas em jogo, de pessoas que estão [em risco] nas mãos de outras. E temos que achar uma solução para tudo isso”, vociferou o governador com a propriedade de quem está no front da situação.

Ele parabenizou o corpo de procuradores e de promotores, mas deu um destaque especial aos servidores do MP. “Parabéns pelo grande trabalho social que vocês fazem, funcionários do Ministério Público, entre eles os que trabalham com música com os jovens do Juruá”, disse, referindo-se ao programa do MP que incentiva a inclusão de jovens de comunidades carentes de Cruzeiro do Sul por meio do Conservatório.

Nesta sexta-feira, 26, o Ministério Público completou 56 anos de existência. Uma história que começou com a elevação do Território do Acre à condição de Estado por uma lei assinada pelo presidente João Goulart, como frisou a Assessoria de Comunicação do Parquet.

Procuradora-geral do MPAC, Kátgia Rejane Rodrigues com o governador Gladson Cameli na cerimônia de celebração dos 56 anos da instituição, nesta sexta-feira, 26 (Foto: Diego Gurgel/Secom)

Por sua vez, a procuradora-geral do MPAC, Kátia Rejane de Araújo Rodrigues, frisou que a instituição tem se tornado uma referência para o estado e para o país com práticas inovadoras.

“Nos tornamos referência em efetividade e em resolutividade para a sociedade. E em parceria com os demais poderes primamos pela transparência de nossas ações em favor da sociedade”, ressaltou ela.

A procuradora agradeceu ao governador Gladson Cameli com a “forma respeitosa” que ele tem tratado o parquet acreano. “O senhor tem nos ouvido e brindamos com alegria essa atenção”, completou Araújo Rodrigues, referindo-se também a algumas suplementações financeiras solicitadas pelo órgão.

Autoridades da Justiça Estadual e Federal, de entidades de classe, da Assembleia Legislativa do Estado do Acre, da Prefeitura de Rio Branco e da Câmara de Vereadores de Rio Branco, além de servidores do MPAC, participaram da cerimônia.