No Acre, bombeiros celebram o Dia Nacional dos Bombeiros Militares

Em solenidade na noite desta quinta-feira, 2, os bombeiros do Acre celebraram o Dia Nacional dos Bombeiros Militares do Brasil. O evento, organizado pelo estado maior da corporação, teve iniciou na sexta-feira, 26, com a prova do “Bombeiro Durão” feminina.

Participaram do ato alusivo ao Dia do Bombeiro o secretário de Polícia Carlos Flávio, o comandante da Polícia Militar, coronel Júlio César, o comandante do Exército, tenente-coronel Medeiros Júnior, e o secretário de Segurança, Emylson Farias, representando o governador Tião Viana.

O comandante do Corpo de Bombeiros do Acre, coronel Carlos Gundim, destacou os avanços da instituição, tanto na área de tecnologia como na capacitação profissional. Gundim elogiou o esforço do governo na busca constante de melhorias para a instituição militar.

“Hoje é um dia importante para todos os bombeiros, que com saber e competência executam uma obra humanitária, solidária e grandiosa. Homens e mulheres intérpretes genuínos dos altos valores da fraternidade e da solidariedade que fazem isso com profissionalismo, aqui no Estado, desde 1974”, disse Gundim.

O comandante lembrou a nobre missão dos bombeiros nos casos de sinistros, citando como exemplo a enchente do Rio Madeira, que isolou o Acre do resto do país.  Também destacou as dificuldades do passado, quando a corporação enfrentava a falta de estrutura operacional. “Hoje a realidade é outra”, celebrou.

O secretário de segurança, Emylson Farias, parabenizou o esforço do Corpo de Bombeiros pelo alto padrão de serviços prestados à sociedade acreana, principalmente pela formação da juventude, e lembrou que o conceito busca a inclusão social, que é uma das diretrizes do governo. “Formar bombeiros mirins é formar pessoas para o futuro”, destacou.