vacine já

Mutirão de 48 horas de vacinação contra a Covid-19 tem início em frente ao Palácio Rio Branco para todos acima de 45 anos

O governo do Estado do Acre iniciou, às 8 horas desta quinta-feira, 17, um mutirão de vacinação contra a Covid-19, em frente ao Palácio Rio Branco, para todas as pessoas acima de 45 anos.

A ação especial tem como principal objetivo acelerar a vacinação contra Covid-19 no estado, alcançando de forma mais célere a imunização, reduzindo a transmissão e consequentemente a letalidade do vírus em toda a população.

Vacinação em frente ao Palácio Rio Branco será de 48 horas, para pessoas acima de 45 anos. Foto: Júnior Aguiar/Secom

Segundo a Secretaria de Estado do Acre (Sesacre), serão 48 horas ininterruptas de vacinação, encerrando-se apenas às 8 horas do dia 19, sábado. E, dependendo da demanda e do número de doses disponíveis, a faixa etária deve ser ampliada, cobrindo a população de até 40 anos.

O governador Gladson Cameli esteve presente no início do mutirão e destacou que o Estado está fazendo todo o possível para salvar vidas e voltar à normalidade, mas que para isso as pessoas precisam se vacinar e convocou todos os cidadãos que já estão nas faixas contempladas a irem aos pontos de vacinação.

“É de emocionar quando eu vejo esse povo todo aqui na fila, querendo se vacinar e é isso que a gente precisa, unir forças para tentar virar logo essa página. Eu convoco, eu peço a todos os brasileiros acima de 45 anos que residem aqui em Rio Branco, que venham aqui ao Palácio se vacinar. Temos um cronograma e logo logo vamos chegar aos 18 anos. Vacina é vida”, destacou o governador.

Primeira vacinada no mutirão, Irislene Lima da Silva estava guardando lugar desde as 5 horas,  Foto: Júnior Aguiar/Secom

Guardando lugar na fila desde as 5 horas, Irislene Lima da Silva veio do bairro Manoel Julião direto para se vacinar no mutirão, sendo a primeira pessoa a ser atendida. Muito emocionada, ela não conseguiu conter as lágrimas ao se lembrar do irmão, vítima fatal da Covid-19.

“É um momento muito especial. Eu queria muito que ele tivesse tido essa oportunidade também. Perdi uma prima, perdi uma tia. Perdi muita gente pra essa doença. E eu tinha que me vacinar, por ele e por todos”, desabafou.

Juntos e fortes

A ação do governo do Estado contou com a parceria entre a Secretaria de Estado de Saúde do Acre (Sesacre), a Secretaria de Estado de Justiça e Segurança Pública (Sejusp), a Casa Civil, a Universidade Federal do Acre (Ufac) e a Prefeitura de Rio Branco.

A fila estava grande nas primeiras horas do mutirão e o governo convoca todos os contemplados para se vacinar. Foto: Júnior Aguiar/Secom

O prefeito Tião Bocalom esteve presente e agradeceu a iniciativa do governador, com o mutirão que estimula a vacinação, lembrando que no sábado e domingo será a vez do mutirão no Ginásio do Sesi, que contemplará pessoas acima de 40 anos.

“Não existem restrições quando o assunto é cuidar de gente. E governo do Estado e a prefeitura todos são responsáveis por cuidar do bem-estar das pessoas, um bem-estar que passa neste momento pela vacinação contra a Covid-19”, reforçou.