dignidade

Mulher Cidadã leva atendimentos a Sena Madureira neste fim de semana

O Mulher Cidadã tem conseguido aumentar a segurança jurídica das mulheres em situação de risco e vulnerabilidade (Foto: Val Fernandes/Secom)

A primeira edição do Mulher Cidadã de 2018 acontece nesta sexta-feira, 16, e no sábado, 17, em Sena Madureira. O programa que se tornou política pública vai oferecer serviços de saúde do programa Saúde Itinerante, ações educativas e preventivas com foco no planejamento familiar, gravidez na adolescência, saúde da mulher, mudanças climáticas, violência doméstica e atendimentos psicossociais e jurídicos.

Os atendimentos serão realizados na Escola Estadual de Ensino Médio Dom Júlio Matiolli. Na sexta-feira, os serviços serão ofertados das 14h às 17h e no sábado das 8h às 17h.

Um dos princípios básicos do Mulher Cidadã é melhorar a qualidade de vida das mulheres que residem na zona rural e em áreas de difícil acesso. Idealizado pelo governador Tião Viana e executado pelo gabinete da vice-governadora Nazareth Araújo, o Mulher Cidadã tem conseguido aumentar a segurança jurídica das mulheres em situação de risco e vulnerabilidade.

“Isso está sendo possível graças aos mais variados serviços de atendimento especializado, que possibilitam identificar, orientar e solucionar casos de violência contra a mulher. Essas ações têm possibilitado que as mulheres compreendam o processo de violência e saibam onde e como procurar ajuda”, destacou Nazareth Araújo.

Objetivos

Está entre seus objetivos o de reduzir os índices de violência contra a mulher, de gravidez na adolescência, de risco de morte materna, do índice de mortalidade infantil e de redução do índice de abuso e exploração sexual infantil.

“E no mês das comemorações do Dia Internacional da Mulher, o Mulher Cidadã representa uma inovação no atendimento às mulheres. Daí a importância da construção e implementação de políticas públicas que garantam a autonomia das mulheres e lhes possibilite livrar-se das situações de opressão e violência”, disse a vice-governadora.

O programa representa uma inovação no atendimento às mulheres (Foto: Val Fernandes/Secom)

Atendimentos

São vários os parceiros que ajudam na realização do Mulher Cidadã. Um desses parceiros é a Secretaria de Justiça e Direitos Humanos (Sejudh) que, nessa edição, estará levando serviços de orientações jurídicas e psicossocial e serviços de promoção do Registro Civil de Nascimento.

A Secretaria de Gestão Administrativa (SGA), estará com sua Rádio Humanizar e com intervenções recreativas, atividades de canto coral com as crianças, dicas sobre saúde e palestra sobre bullying.

Outra parceira é a Secretaria de Políticas para Mulheres (SEPMulheres) que estará ofertando atendimento psicossocial, roda de conversas a respeito da violência doméstica contra mulher com base na Lei Maria da Penha, orientações e encaminhamentos.

Parcerias e colaboradores

  • Secretaria Municipal de Saúde de Sena Madureira;
  • Associação Brasileira de Odontologia e FAMETA (ABO);
  • Polícia Militar do Acre (PMAC);
  • Secretaria de Estado de Educação (SEE);
  • Instituto de Mudanças Climáticas (IMC);
  • Secretaria de Meio Ambiente (SEMA);
  • Secretaria de Polícia civil (SEPC);
  • Defensoria Pública do Acre (DEP);
  • Secretaria de Desenvolvimento Social (SEDS);
  • Secretaria Estadual de Produção Familiar (SEAPROF);
  • Ministério Público do Acre (MPE) e outros.