Movimento social organiza reunião do GT Acre-Peru

Objetivo é seguir lutando para assegurar direitos das populações tradicionais localizadas na faixa de fronteira

A Comissão Pró-Indio (CPI) está organizando a Reunião Ampliada do Grupo de Trabalho Transfronteiriço para a Proteção Transfronteiriça da Serra do Divisor e Alto Juruá  que acontecerá na Terra Indígena Poyanawa, em Mâncio Lima, entre os  dias 16 a 18 de outubro de 2008. O objetivo da reunião é dar continuidade à política de integração na faixa de fronteira Brasil/Peru para definir estratégias e acordos entre  indígenas e populações tradicionais visando conservação e o uso sustentável da biodiversidade e a garantia de seus territórios.

O GTT foi instalado em abril de 2005, como resultado de uma articulação promovida pela Comissão Pró-Índio do Acre e a SOS Amazônia, envolvendo organizações e associações indígenas, de seringueiros e agricultores e órgãos dos governos federal, estadual e dos municípios do Vale do Juruá acreano.

As ações do grupo já alcançaram resultados importantes, como a  elaboração de agendas para proteção das terras indígenas no Vale do Juruá acreano e do Parque Nacional da Serra do Divisor, situados na fronteira com o Peru;  realização de quatro encontros de povos indígenas do Acre e Ucayali, que resultaram na articulação desses povos para a defesa dos direitos de suas comunidades e de seus territórios e em demandas para uma participação efetiva de suas organizações na definição das políticas públicas na região;   diálogo com organizações indígenas e instituições ambientalistas e indigenistas do Ucayali, no Peru, visando estabelecer uma agenda comum para a proteção de terras indígenas e unidades de conservação nos dois lados da fronteira Acre-Ucayali, entre outros.