Todos contra o coronavírus

Movimento comunitário se une a Gladson Cameli para chamar população a se vacinar contra a Covid-19

Govenador se reuniu nesta quinta-feira, 16, com mais de 50 lideranças de entidades e presidentes de associações de moradores de Rio Branco

A exemplo do que fez em Cruzeiro do Sul no último dia 25 de agosto, o governador Gladson Cameli ouviu nesta quinta-feira, 16, em Rio Branco, as principais reivindicações das lideranças comunitárias da capital e exortou os presidentes de associações de moradores e representantes de uniões e federações a conclamar a população para se vacinar contra a Covid-19.

Gladson Cameli fala para líderes comunitários e sociais e presidentes de associações de moradores; governador ouviu reivindicações e exortou união em torno da imunização contra a Covid-19. Foto: Marcos Vicentti/Secom

O encontro foi promovido pela Central de Apoio às Associações de Moradores e Outras Entidades Civis Organizadas do Estado do Acre (Ceames), durante inauguração da sua sede, na rua Coronel José Galdino, no bairro Bosque.

Às vésperas de completar 1 ano e 6 meses da pandemia de Covid-19 no Acre – os primeiros casos foram registrados no dia 17 de março do ano passado –, Cameli fez um apelo aos mais de 50 representantes do movimento comunitário presentes na cerimônia: o de que chamem os moradores de Rio Branco que ainda não tomaram a vacina ou não completaram o ciclo vacinal a comparecerem para tomar o imunizante.

Liderança comunitária é ouvida por Gladson Cameli, nesta quinta-feira, 16; em reunião com presidentes de associações de moradores de Rio Branco e o governador. Foto: Marcos Vicentti/Secom

“Já se foi um ano e seis meses de luta diária no Acre, para que possamos virar essa página. Quero abrir salas de aulas com segurança, quero reiniciar novas obras na construção civil, em breve teremos recursos de mais de R$ 150 milhões de asfalto para recuperação de ruas em todos os 22 municípios. Mas isso só é alcançável com 100% de êxito se as pessoas se conscientizarem de que devem todas estar vacinadas”, destacou Gladson Cameli, sendo prontamente correspondido pelos líderes socais e comunitários.

Gladson Cameli fala para líderes comunitários e sociais e presidentes de associações de moradores; governador ouviu reivindicações e exortou união em torno da imunização contra a Covid-19. Foto: Marcos Vicentti/Secom

Um deles é Shirley Souza, vice-presidente da União Municipal das Associações de Moradores de Rio Branco, que se comprometeu a promover um movimento pró-vacinação com todas as associações de moradores da capital. Na ocasião, sugeriu ao governo que promovesse um cronograma junto à entidade que ela representa para um “mutirão porta a porta”, nas casas das pessoas, incluindo as comunidades mais longínquas da capital.

Shirley Souza, vice-presidente da União das Associações de Moradores de Rio Branco. Foto: Marcos Vicentti/Secom

“Sabemos que a vacinação é importante e estamos à disposição para esse grande levante do bem contra a pandemia, ajudando a Secretaria de Saúde e o seu Programa de Imunização a ir, porta a porta, oferecer a vacina aos moradores que ainda não se vacinaram”, prontificou-se Shirley.

Segundo a Secretaria de Estado de Saúde do Acre, ao menos 97.448 pessoas acima de 12 anos não se vacinaram sequer com a primeira dose. Outros 448.292 já tomaram a primeira, mas não compareceram para a segunda dose, embora metade desses ainda não estejam no período de receber a segunda.

Governador Gladson Cameli posa para a foto com presidentes de associações de moradores e lideranças comunitárias e sociais de Rio Branco, em encontro nesta quarta-feira, 16. Foto: Marcos Vicentti/Secom

No início da tarde desta quinta-feira, 16, o governo espera a chegada de um lote de mais 117 mil doses da Pfizer e outras 1.500 da AstraZeneca/Fiocruz, num total de 118.500 novos imunizantes.

Lideranças comunitárias demonstram satisfação por ações do governo

Um a um, os presidentes das associações de moradores foram se manifestando ao microfone, segundo orientação do próprio governo do Estado, para que a Secretaria de Governo, representada pelo seu titular, Alysson Bestene, pudesse registrar as principais prioridades de cada um.

Secretário de Governo Alysson Bestene e governador Gladson Cameli no encontro de líderes comunitários e sociais e presidentes de associações de moradores. Foto: Marcos Vicentti/Secom

O que se observou, no entanto, foi uma série de elogios à administração do governo Gladson Cameli. Um deles veio do líder comunitário Fábio Silva, representante do Conselho de Associações de Bairros da Regional do Calafate. Ele citou como exemplo de compromisso da atual gestão com os moradores, a revitalização completa do bairro Israel de Lira, a um custo de R$ 7 milhões.

Liderança comunitária cumprimenta o governador Gladson Cameli, em encontro com nesta quinta-feira, 16. Foto: Marcos Vicentti/Secom

“Senhor governador, foi graças ao seu empenho e de seus gestores que hoje os moradores do Israel de Lira podem sair e voltar para casa sem usar mais sacolas plásticas nos pés pela falta de asfalto nas ruas. É nos bairros que estão as pessoas e as coisas só se resolvem quando se tem compromisso com essa gente humilde, mas cheia de gratidão no coração”, pontuou Fábio Silva.

Liderança comunitária cumprimenta o governador Gladson Cameli, em encontro com nesta quinta-feira, 16. Foto: Marcos Vicentti/Secom

Já o presidente da União das Associações de Bairros do Segundo Distrito, Rodrigo Carlos de Souza, lembrou da forma séria e compromissada com que o governo encarou a luta contra a pandemia de Covid-19. “Eu fui um que testemunhei como os profissionais de Saúde, tanto do Into quanto das demais unidades de saúde e do Pronto-Socorro de Rio Branco, foram responsáveis e dedicados aos pacientes infectados. Graças a Deus, o seu governo conduziu tudo com toda a responsabilidade possível”, lembrou Souza.

Deputada federal Jéssica Sales fala da importância valorização dos moradores de Rio Branco e de todo o estado; ela destinou uma série de emendas com milhões de reais empregados nos bairros periféricos de Rio Branco. Foto: Marcos Vicentti/Secom

Depasa entra na segunda-feira no Cidade do Povo para consertar ETE

Uma das reivindicações dos moradores do maior conjunto habitacional da Região Norte, a Cidade do Povo, onde residem mais de dez mil famílias, também será atendida. Trata-se dos reparos na estação de tratamento de esgoto (ETE).

Os moradores sofrem com o mau cheiro por conta de obstruções na ETE, problema que começa a ser resolvido pelos técnicos do Departamento Estadual de Água e Saneamento, o Depasa, já na segunda, 20, saindo de lá apenas quando o serviço for concluído.

Fábio Silva, representante do Conselho de Associações de Bairros da Regional do Calafate, cumprimenta o governador Gladson Cameli. Foto: Marcos Vicentti/Secom

Para o secretário Alysson Bestene, o fato de o governo do Estado ter convidado o movimento comunitário a ter um acento na pasta demonstra que o governo Gladson Cameli valoriza a comunidade, que tem respeito pelas associações de moradores e quer caminhar junto com a população na resolução de problemas coletivos.

Secretário de Governo Alysson Bestene fala do respeito que a gestão Gladson Cameli tem pelo movimento comunitário. Foto: Marcos Vicentti/Secom

“A secretaria de Governo tem a honra de estar ouvindo as pessoas, de estar próxima das comunidades e das associações de bairros, por entender que esse é o verdadeiro papel dos gestores públicos, o de serem o canal de resoluções dos problemas que afetam a população para que ela viva com maior qualidade de vida”, disse Bestene.

Participaram também do encontro na Ceames a deputada federal Jéssica Sales, os deputados estaduais Fagner Calegário e José Bestene, além de Márcio Pereira, presidente da Federação das Associações de Moradores do Acre e Francisco Ribeiro, presidente da Ceames.