Novos tempos

Marechal Thaumaturgo celebra construção de estação de água

Água será captada do Rio Amônea e abastecerá cidade 24h por dia (Foto: Gleilson Miranda/Secom)

A expectativa pelo abastecimento de água potável nas torneiras, diariamente, une os moradores do bairro União, em Marechal Thaumaturgo. No local, que há anos sofre com a distribuição do produto, o governo do Estado está construindo uma estação de tratamento de água. Os investimentos para que haja abastecimento 24 horas por dia, todos os dias da semana, chegam a R$ 24 milhões numa parceria entre governo do Acre e Banco Mundial por meio do Programa de Saneamento Ambiental e Inclusão Socioeconômica do Acre (Proser).

Antônio Plínio acompanha a evolução da construção da obra e diz que espera dias melhores com abastecimento contínuo (Foto: Gleilson Miranda/Secom)

Antônio Plínio, 49 anos, mora desde 2002 no bairro. Todos os dias ele passa pela obra da estação de tratamento, localizada na margem do Rio Amônea, e acompanha a evolução do sonho que está prestes a se tornar realidade. “A expectativa é que a gente possa ter água quando mais precisa, de melhorar a situação para todos nós. Eu tinha um poço que da minha casa até ele era uns 240 metros. Eu desativei porque não tinha como manter”, conta o morador.

Plínio explica que a comunidade, atualmente, enfrenta dificuldades com a irregularidade no abastecimento porque a estação que funciona na cidade fica distante do bairro e, como o município tem muitas ladeiras e morros, a água não tem pressão suficiente para chegar com intensidade na região do bairro União.

“A água chega aqui muito fraca. Quando começa a ter força, precisa fechar a rede porque esgotou o tempo de abastecimento”, explica Antônio Plínio.

Com 84 anos, o aposentado Francisco Bezerra, conta que aguarda ansioso pela entrega da estação de água. “A água daqui é puxada de uma cacimba. Mas essa estação de água é de muita utilidade porque quando chega o verão falta água para nós. Aí, com a estação, vai, se Deus quiser, nos ajudar bastante”, observa o aposentado.

Saneamento para todos

O Departamento Estadual de Pavimentação e Saneamento (Depasa) é responsável pela execução das obras, em parceria com a Secretaria de Estado de Planejamento (Seplan).

Edvaldo Magalhães, diretor-presidente do Depasa, explica que a captação será feita no Rio Amônea. Quando concluída, a unidade terá um reservatório apoiado com capacidade de 500 mil litros e um reservatório elevado com capacidade de 115 mil litros e, deverá ser feito um reforço com ampliação de rede.

“Isso garantirá que em julho o governador Tião Viana entregue à população de Marechal Thaumaturgo um sistema capaz de abastecer toda a cidade, o dia todo e todos os dias”, declara Edvaldo Magalhães.

Magalhães ressalta que esta é mais uma ação estratégica da gestão de Tião para garantir que os municípios de todo o estado tenham saneamento básico e elevem a qualidade de vida dos munícipes.

Unidade terá um reservatório apoiado com capacidade de 500 mil litros e um reservatório elevado com capacidade de 115 mil litros (Foto: Gleilson Miranda/Secom)