Mais R$ 2,3 milhões para pequenos negócios do Acre

Governador Tião Viana assina convênio com renomado economista Paul Singer para ampliar geração de empregos e renda com pequenos negócios

 

O convênio foi assinado também pelo novo ministro do Trabalho, Paulo Roberto dos Santos Pinto, que enalteceu a revolução social que o governo acreano vem realizando (Renato Fernandes/MTE)

O convênio foi assinado também pelo novo ministro do Trabalho, Paulo Roberto dos Santos Pinto, que enalteceu a revolução social que o governo acreano vem realizando (Renato Fernandes/MTE)

Com a “bênção” e a assinatura do famoso economista Paul Singer, um dos maiores analistas econômicos do país e atual secretário Nacional de Economia Solidária, o governador Tião Viana assinou convênio com o Ministério do Trabalho, garantindo mais R$ 2,3 milhões para o seu governo continuar fomentando os pequenos negócios que estão gerando renda e inclusão social por todo o Estado.

O convênio foi assinado também pelo novo ministro do Trabalho, Paulo Roberto dos Santos Pinto, que enalteceu a revolução social que o governo acreano vem realizando ao fomentar a geração de renda e de trabalhos especializados para as pessoas de baixa renda através de pequenos negócios.

Como bem lembrou o ministro, o convênio assinado se destina a integrar e potencializar as ações do Programa Estadual de Economia Solidária com estratégia de promoção do desenvolvimento local e territorial sustentável, buscando a superação da extrema pobreza por maior da geração de trabalho e renda.

Na cerimônia de assinatura do convênio, o governador Tião Viana disse que se sentia honrado em contar com o apoio do ministro do Trabalho e com a ajuda direta do economista Paul Singer, considerado um dos pais da economia solidária do país, o que levou o então presidente Lula a pedir sua colaboração para a geração de mais renda e empregos por todo o território nacional.

 

Na cerimônia de assinatura do convênio, o governador Tião Viana disse que se sentia honrado em contar com o apoio do ministro do Trabalho e com a ajuda direta do economista Paul Singer (Renato Fernandes/MTE)

Na cerimônia de assinatura do convênio, o governador Tião Viana disse que se sentia honrado em contar com o apoio do ministro do Trabalho e com a ajuda direta do economista Paul Singer (Renato Fernandes/MTE)

Com 79 anos, Paul Singer nasceu na Áustria, foi sindicalista ainda jovem no Brasil, estudou economia, lecionou na Universidade de São Paulo (USP), ajudou a fundar o Partido dos Trabalhadores (PT) e concebeu, junto com intelectuais como Fernando Henrique Cardoso, o Centro Brasileiro de Análise e Planejamento (Cebrap). Economista de origem, Paulo Singer também é doutor em sociologia, livre-docente em demografia e tem dado importantes contribuições à economia política e à análise econômica do Brasil.

Segundo informou a subsecretária de Pequenos Negócios do Estado, Silvia Monteiro, o convênio assinado pelo governador com Paul Singer vai ampliar ainda mais o nível de ajuda que o governo vem dando à inclusão social e à economia do Estado. Até agora, a secretaria investiu mais de R$ 1,2 milhão no fomento aos pequenos negócios do Estado, gerando renda e trabalhos especializados para a população de baixa renda.