Mais de 500 crianças e adolescentes participam de torneio esportivo

Ação fecha segunda fase da Campanha de Prevenção à Violência Familiar

 

dsc05493.jpg

Secretária de Segurança, Márcia Regina, e comandante da PM abrem oficialmente torneio esportivo da campanha (Foto: Nonato de Sousa/Secom)

Mais de 500 meninos e meninas de 40 escolas localizadas nas áreas de abrangência das Zonas de Atendimento Prioritário 4 e 5 participam na manhã deste sábado de torneio de futebol de salão e voleibol, evento que marca o fim da segunda fase da Campanha de Prevenção à Violência Familiar, desenvolvida pelo Governo do Estado por meio da Secretaria de Segurança Pública e Polícia Militar. O torneio é uma atividade que tem como objetivo oferecer a crianças e adolescentes das duas últimas séries do Ensino Fundamental e de Ensino Médio opções de esporte e lazer dentro de suas comunidade.

A campanha, que ocorre até março de 2010, tem prevista a realização de um campeonato nos meses de janeiro e fevereiro, período em que os alunos estão em férias escolares. No projeto estão inseridas palestras informativas à comunidade escolar em 12 municípios do Estado sobre a prática do bullying (atos de humilhação e desrespeito entre alunos), violência doméstica, abuso sexual, tráfico de drogas, aborto. Durante as palestras são informados ainda as instituições que respondem por cada um dos temas abordados.

dsc05496.jpg

Torneio envolve jovens dos ensinos Fundamental e Médio, famiiares e comunidade (Foto: Nonato de Sousa/Secom)

A secretária Márcia Regina diz que essa atividade pretende ainda aproximar a família e a comunidade desses jovens que participam do evento para torcer e acompanhar o desempenho deles. A campanha tem o envolvimento das Mulheres da Paz e Polícias Comunitária e Escolar das 2ª e 5ª Regionais e integra programas de prevenção da violência desenvolvidos pela Polícia Militar e Segurança Pública do Estado, como o Proerd. "Nossa polícia é rápida e eficiente, mas não é instantânea. Ações como essa visam resultados em médio prazo. Desta forma estamos prevenindo ações ostensivas".

Para Leandro Pereira, aluno da 8ª série de uma escola do bairro Montanhês, o esporte é importante para as crianças da comunidade. "Tenho muitos amigos que usam drogas e que vendem. Mas quem tá aqui jogando bola, correndo atrás do sonho, não perde tempo com isso. Esses jogos fazem a diferença na vida da gente", diz. Responsável pela execução do projeto, a tenente da PM Marta Renata reitera a importância. A Campanha de Prevenção da Violência Familiar acontece em parceria com a Secretaria de Estado de Educação e associações de moradores.