Jovem embaixador acreano representará o Brasil em conferência americana

Tião Viana parabenizou o estudante e garantiu apoio na realização do evento que ocorrerá simultaneamente à conferência, no auditório da Ufac (Foto: Gleilson Miranda/Secom)

O governador Tião Viana recebeu na Casa Civil, nesta terça-feira, 21, o jovem embaixador Alessandro da Silva, 20 anos, que compõe o grupo de cinco estudantes brasileiros selecionados para a Brazil Conference 2017, que ocorrerá em Boston (EUA), nos dias 7 e 8 de abril. A conferência visa diálogos para solucionar os principais problemas da atualidade no Brasil.

Aluno do segundo período do curso de Direito da Universidade Federal do Acre (Ufac), Silva conta que estudou a vida toda no ensino público e foi o único estudante selecionado na região Norte, numa seleção que envolveu mais de oito mil competidores.

“A seleção ocorreu por meio de um site, com formulário eletrônico. Passei por alguns testes e na sequência entrevistas orais. Na seleção eles consideraram a relevância dos projetos em que estive envolvido e ações que desenvolvi visando mudanças no país”, conta o jovem embaixador.

Durante a reunião, o governador parabenizou o estudante e garantiu apoio na realização de um evento que ocorrerá simultaneamente à conferência em Rio Branco, no auditório da Ufac. Além do Acre, o mesmo evento será realizado em outros quatro estados brasileiros, que tiveram jovens embaixadores selecionados para a Brazil Conference.

“Enquanto Estado, apoiamos esse tipo de intercâmbio que só eleva a qualidade profissional. Seremos apoiadores do evento que ocorrerá na Ufac, e que tem por tema ‘os desafios e soluções para o desenvolvimento do Acre nos próximos anos’”, afirmou o secretário adjunto de Educação, Alberto Nunes (Xaxá).

A Brazil Conference

Em formato de palestras e fórum de debates, a Brazil Conference surgiu de uma vontade que alunos brasileiros das universidades vizinhas Harvard e MIT, tinham de levar para esses grandes centros intelectuais as discussões sobre como solucionar os principais problemas do Brasil. Foi realizada pela primeira vez em 2015, no aniversário de 30 anos da democracia brasileira.