Irmã Nelda recupera horta alagada em Tarauacá

Irmã Neuda com o secretário Henry Nogueira e Silvia Monteiro (Foto: Miriane Teles/Secom)
Irmã Nelda com o secretário Henry e Silvia Monteiro (Foto: Miriane Teles/Secom)

Tarauacá viveu recentemente 11 enchentes em curtos intervalos de tempo, a mais recente na Semana Santa. Lamentando essa realidade, irmã Nelda Möeleke, representante da Casa de Nazaré recuperou sua horta, no bairro Praia. O empreendimento foi um benefício do Estado, por meio da Secretaria de Pequenos Negócios (SEPN). Muito foi perdido, mas ela já refez os canteiros e está cultivando suas hortaliças com dedicação.

Nas duas estufas cedidas,  planta abobrinha, couve, coentro, repolho, alface, rúcula e cebolinha. Nas primeiras colheitas da horta, religiosa costumava sair de bicicleta com a cargueira cheia de verduras, fato que é lembrado por toda a vizinhança. Depois, foi necessário contratar uma pessoa para ajudar nessa rotina.

“Quando comecei, as pessoas nem davam atenção para tanta coisa verde. Hoje eu não dou conta de atender todos, nem preciso sair pra vender, eles vêm buscar”, conta. Na visita do secretário Henry Nogueira e da adjunta Silvia Monteiro, a irmã se mostrou motivada a continuar na estatística positiva das 140 hortas entregues pela SEPN.

Recuperando os canteiros  das duas estufas da Casa de Nazaré (Foto: Miriane Teles/Secom)
Recuperando os canteiros das duas estufas da Casa de Nazaré (Foto: Miriane Teles/Secom)

A irmã Nelda é uma figura tradicional em Tarauacá. Aos 85 anos de idade e 67 de devoção, chegou para sua missão no município em 1971. Até hoje, é uma figura ativa e empreendedora.