Segurança

Investimentos possibilitam ampliar capacitação de jovens internados no Centro Socioeducativo Juruá

O Centro Socioeducativo Juruá vem desenvolvendo um trabalho que visa garantir aos adolescentes internados uma digna reinserção à sociedade. Como é o caso do jovem I.S, 17 anos, que após três meses de internação vive a expectativa de voltar para casa e recomeçar a vida trilhando outros caminhos. “Quero corrigir o meu erro. Vou buscar união com os meus familiares, trabalhar para ajudar meus pais e seguir a minha vida”, relatou.

Além dos projetos Plantando Sonhos e o Som da Liberdade, o centro inaugurou, nesta terça-feira, 11, as salas de biblioteca e de informática, que se mostraram investimentos capazes de ampliar a oferta de conhecimentos aos abrigados.

Autoridades presentes na inauguração dos investimentos feitos no ISE do Juruá. Foto: Marcos Santos/Secom.

Para executar as missões de ressocializar e socioeducar, o Instituto Socioeducativo do Acre (ISE) recebe toda autonomia da gestão estadual para desenvolver ações que restaurem vidas de menores infratores.

“Depois de implantar um laboratório em Rio Branco, estamos aqui para trazer a boa novidade para a unidade do Juruá. Nós temos oito centros e a nossa ideia é a de que até o final do ano possamos ter esses investimentos em todos eles. Além disso, esclareço que essa ação só foi possível graças à parceria com a Secretaria de Educação, pois, entendemos que a mudança de comportamento que buscamos operar nos internados só virá com a aquisição de conhecimento”, afirmou o presidente do ISE, coronel Mário César Souza de Freitas.

Para o coronel Mário César Freitas “a mudança de comportamento que se busca operar nos internados só virá com a aquisição de conhecimento”. Foto: Marcos Santos/ Secom.

O instituto aposta na ideologia de que o ensino profissionalizante é uma saída viável aos jovens por trazer alternativas de renda quando eles forem libertos do sistema. “Quando vir a liberdade para esses meninos, é de suma importância a parceria da iniciativa privada no sentido de lhes oferecer uma vaga no mercado de trabalho. Por isso, pedimos aos empresários que olhem com carinho para eles no momento da desinternação”, reforça Mário Freitas.

O empresário Willian Pimenta ressalta que a parceria vem fortalecendo o trabalho social realizado pelo centro. “Os adolescentes foram agraciados com um curso de pintura e isso nos mostra que quando fazemos o bem, toda a população sai ganhando. Ao sair às ruas, às vezes, somos parados por pessoas que nos agradecem pelo investimento. É isso que motiva, pois estamos somando na vida dessas pessoas para que tenham um futuro melhor”.

Internados apreciando a cerimônia. Foto: Marcos Santos/ Secom.

O juiz responsável pelo centro, Marlon Machado, acredita que “o sucesso da reinserção parte de iniciativas que agreguem valores  à vida dos reeducandos” e que “utensílios como violões, computadores e livros são de extrema valia para melhorar as condições de reintegração desses jovens à sociedade”.

Outras autoridades locais estavam presentes na solenidade, como a coordenadora do núcleo da Secretaria de Educação, Cultura e Esportes (SEE) no Juruá, Ruth Bernadino; o promotor do Meio Ambiente e do Patrimônio Histórico e Cultural, Iverson Bueno; o prefeito de Cruzeiro do Sul, Zequinha Lima; e demais convidados.