oportunidades

Instituto Socioeducativo implementa ações de incentivo à ressocialização de menores

O Instituto Socioeducativo do Acre (ISE) realizou na manhã desta sexta, 18, a solenidade de entrega de certificados do curso de informática para adolescentes em medida privativa de liberdade e dos espaços equipados com salão de beleza e sala de videoconferência no Centro Socioeducativo Mocinha Magalhães (CSEMM), num pacote de iniciativas que visam o incentivo à ressocialização de menores infratores, por meio da criação de oportunidades.

Adolescentes em medidas socioeducativas, durante evento de entrega de certificados pela conclusão do curso de informática. Fotos: Diego Gurgel/Secom

Os cursos de informática básica, ministrados pelo Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai), beneficiaram 31 adolescentes, tanto masculinos, do Centro Socioeducativo Santa Juliana, como internas femininas do CSEMM.

O projeto da direção do ISE é levar as mesmas ações para as demais unidades em Rio Branco, bem como para as de Brasileia, Sena Madureira, Feijó e Cruzeiro do Sul.

Ao receber o certificado, o adolescente C.F.N. salientou que participar do curso lhe trouxe esperanças de ter oportunidades para uma vida digna, longe da criminalidade.

Ação faz parte do compromisso de gestão com a criação de oportunidade para esses jovens. Foto: Diego Gurgel/Secom

“Só tenho a agradecer à direção do ISE, aos nossos instrutores, porque sonhar com uma vida mais digna é o primeiro passo para que o melhor se concretize”, ponderou C.F.N.

No espaço equipado com salão de beleza no CSEMM, as adolescentes em medida privativa de liberdade poderão participar de cursos profissionalizantes, bem como exercitar o ofício para que tenham oportunidade de trabalho após a conclusão da reclusão.

Na sala de videoconferência as adolescentes poderão participar de audiências com a Justiça, dispensando, assim, a necessidade de deslocamentos com escoltas. Também poderão manter contato com familiares, contribuindo para manutenção de laços, principalmente para os menores que são do interior.

A sala de videoconferência instalada no Centro Socioeducativo também será utilizada para realização de cursos à distância. Fotos: Diego Gurgel/Secom

O coronel Mário César Souza, presidente do ISE, enfatizou que o conjunto de ações para criar oportunidades para que de fato ocorra a ressocialização dos menores após o cumprimento da reclusão é um compromisso de governo, constantemente reafirmado com investimentos e busca de parcerias.

Presidente do Ise, coronel Mário César reafirma compromisso do Governo com investimentos pontuais que de fato contribuam com a ressocialização. Fotos: Diego Gurgel/Secom

“Nesse sentido, destacamos as parcerias com o Tribunal Regional do Trabalho [TRT], Senai, Senac [Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial] e Agência de Negócios do Acre [Anac], que já está integrada para futuras ações a serem desenvolvidas em prol dos menores”, explicou Mário César.

TÓPICOS: