Inscrições para o Projovem Urbano vão até 20 deste mês

Meta para este ano é atender 2,1 mil jovens com cursos de formação e qualificação profissional

Estão abertas desde o dia 19 de janeiro as matrículas para o Programa Nacional de Inclusão de Jovens, o Projovem Urbano. As inscrições se estendem até o dia 20 de março e podem ser feitas nos Centros de Referência espalhados pela capital. Em Rio Branco, a meta é atender cerca de 2,1 mil alunos, conforme termo de adesão firmado junto à coordenação nacional do programa.

O Projovem Urbano propõe a aceleração escolar de jovens de 18 a 29 anos que moram em capitais, estejam fora do mercado formal de trabalho e não concluíram a oitava sériel. O programa é tocado pelo Ministério da Educação, Alfabetização e Diversidade e pela Secretaria de Educação Profissional e Tecnológica. Para a execução do programa em Rio Branco, foram repassados recursos financeiros do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE), por meio de transferência automática.

O programa oferece aos jovens, durante um ano e seis meses, a chance de aceleração de aprendizagem para conclusão da oitava série, inclusão digital e qualificação profissional básica. Os alunos têm incentivos mensais de R$ 100 em recursos da União repassados por convênio e podem ainda desenvolver ações sociais em suas comunidades.

Em 2005 foram incluídos 200 mil alunos no Programa Nacional de Inclusão de Jovens em todo o país. Em Rio Branco, 31% da população é composta de jovens de 16 a 29 anos. Quando assumiu a prefeitura em 2005, o prefeito Raimundo Angelim investiu em ações de inclusão social para a juventude. Programas como o Formação 1, Clube do Talento e o Projovem ratificam essa postura porque constituem formas de dar autonomia e cidadania aos jovens.

Conforme a Secretaria Municipal de Educação, o Projovem de Rio Branco está entre os cinco melhores do país. Durante todo o curso o aluno desenvolve um plano de orientação profissional, chamado de POP, junto a outras atividades. O POP possibilita ao aluno um melhor aproveitamento das oportunidades práticas e teóricas oferecidas no curso. Também permite que ele faça uma projeção dos próximos passos de seu processo de qualificação profissional.

{xtypo_rounded2} 

Núcleos de matrículas

– CRAS Sobral (Rua São Salvador, s/n – B. Sobral)

– CRAS Tancredo Neves (Avenida II, Q/52, C-22, Bairro Tancredo Neves)

– CRAS Santa Inês (Rua da Sanacre, 1.118 , Bairro Santa Inês)

– Terminal Urbano de Rio Branco

– Coordenação Municipal do Projovem Urbano, Rua do Aviário, 310, Bairro Aviário. Tel.: 3211-2238

– Documentos necessários

– Carteira de Identidade

– Comprovante de residência

– Título de Eleitor

– Carteira de Trabalho

– Histórico Escolar

– Certidão de Nascimento ou Casamento

– CPF

– PIS, PASEP OU NIT

{/xtypo_rounded2}