segurança

Incineração de mais de 850 quilos de entorpecentes no Acre marca Semana Nacional Antidrogas

Marcando a Semana Nacional Antidrogas, na manhã desta sexta-feira, 26, foi realizada a incineração de 853 quilos de entorpecentes nos fornos da Cerâmica Iguatu, localizada na Rodovia AC-90.

Apenas uma parte da quantidade total de drogas apreendidas foi destruída, que chega a 1.145 quilos, sendo 487 quilos apreendidos pela Polícia Civil, 358 pela Polícia Federal e 300 pela Polícia Rodoviária Federal. Essa é a primeira incineração do ano, resultado das apreensões realizadas de setembro de 2019 até agora.

Essa é a primeira incineração do ano,  resultado das apreensões realizadas de setembro de 2019 até os dias atuais Foto: Cedida.

A destruição dos entorpecentes foi autorizada pelas Justiça Federal e Estadual. O ato contou com a presença de representantes do Sistema Público de Segurança, no âmbito federal e estadual, bem como do Poder Judiciário e Ministério Público.

Para o secretário de Justiça e Segurança Pública, coronel Paulo Cézar Santos, a ação é resultado de uma política de combate ao narcotráfico na região, que se inicia com a criação do Grupamento Especial de Fronteira (Gefron) e estruturação dos núcleos de fronteira, bem como outra série de ações.

Ato contou com a presença de representantes do Sistema Público de Segurança, no âmbito federal e estadual, bem como do Poder Judiciário e Ministério Público Foto: Cedida.

“A apreensão de drogas é só um dos detalhes, tendo em vista que tivemos várias outras apreensões e também de logísticas destinadas ao crime organizado. Consequentemente, a tendência com a aproximação e esforço dos órgãos que integram o sistema de segurança pública é tornar o Acre um ambiente cada vez mais difícil para no narconegócio”, completou.

Destruição dos entorpecentes foi autorizada pelas Justiças Federal e Estadual Foto: Cedida.

De acordo com a delegada de combate ao crime organizado da Polícia Federal, Larissa Magalhães, esse momento representa a integração intensificada entre as forças policiais.

“É importante estarmos não só atentos, mas principalmente unidos para mostrar ótimos resultados de um trabalho integrado no combate ao ao tráfico de drogas, que ainda é uma situação que assola o nosso estado”, avaliou.