Implantado fórum comunitário de segurança em Manoel Urbano

Ação é uma iniciativa do governo do Estado por meio da Secretaria de Estado de Segurança Pública

Na manhã desta terça-feira, 13, a população de Manoel Urbano, representada pelas suas principais lideranças, esteve reunida no auditório da Câmara de Vereadores para eleger o coordenador do Fórum Comunitário de Segurança Pública (Foto:Assessoria Sesp)

Na manhã desta terça-feira, 13, a população de Manoel Urbano, representada pelas suas principais lideranças, esteve reunida no auditório da Câmara de Vereadores para eleger o coordenador do Fórum Comunitário de Segurança Pública (Foto:Assessoria Sesp)

Na manhã desta terça-feira, 13, a população de Manoel Urbano, representada pelas suas principais lideranças, esteve reunida no auditório da Câmara de Vereadores para eleger o coordenador do Fórum Comunitário de Segurança Pública.

O fórum é uma iniciativa do governo do Estado do Acre, através da Secretaria de Estado de Segurança Pública, compartilhando ações integradas com os órgãos de segurança pública, pactuando um Plano de Metas objetivando a redução dos índices de violência e da criminalidade no Estado.

Dentro das muitas ações do Plano está a instalação de fóruns comunitários de Segurança Pública na capital e demais municípios acreanos sob a coordenação do secretário adjunto de segurança Pública, Ermício Sena.

“Esses fóruns comunitários de segurança pública têm no diálogo uma de suas principais ferramentas de aproximação da política de segurança com as instituições e com a sociedade civil”, afirma Sena.

“Nesse sentido, iniciamos o debate sobre a instalação de um espaço de discussão desse tema nos municípios. A iniciativa permite uma maior aproximação dos problemas da área de segurança pública com os demais setores que tratam do tema, tanto do ponto de vista da prevenção quanto da repressão.”

No âmbito da Secretaria de Segurança Pública, a convicção de que somente a conjugação de esforços dos governos federal, estadual, municipal e sociedade de um modo geral poderá orientar os rumos que se devem dar para a política de segurança de proximidade. Há um esforço compartilhado propondo que esse debate se transforme em um tema permanente nos municípios.

A iniciativa do governador Tião Viana tem nas oficinas do Plano de Governo, realizadas no ano de 2010, o primeiro diagnóstico da Visão da Sociedade e orienta as políticas públicas para o setor.

O fórum permitirá que esse diagnóstico seja revisto pela própria sociedade, à qual permitirá propor ao Gabinete de Gestão Integrada (GGI) de Segurança Pública alternativas viáveis tanto do ponto de vista operacional dos órgãos de segurança como dos entes que compõem as redes governamentais e não-governamentais dos municípios.

Eleição de coordenadores

Por ocasião da implantação do fórum, as guarnições policiais civis e militares expuseram o resultado do Planto de Metas entre janeiro e novembro deste ano. Os números da criminalidade estão em queda e isso representa o sucesso do empenho de todos (Polícia Civil, Militar, Detran, Ciatran e Bombeiros) na conquista dos resultados.

Existe o entendimento de que muitos investimentos são necessários para dotar a segurança pública do município das condições ideais que a população deseja. Existem defasagens de mão-de-obras nas forças de segurança e faltam mais viaturas.

As lideranças elegeram o professor aposentado Barreto da Silva como coordenador e a assistente social e Estela Nascimento como vice-coordenadora do fórum.

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Pinterest