segurança

Iapen implanta ambiente virtual de avaliação e capacitação para servidores do sistema penitenciário

Com o objetivo de enriquecer a oferta de capacitação e facilitar o processo de avaliação dos servidores, o Instituto de Administração Penitenciária (Iapen) lançou, na manhã desta segunda-feira, 13, o Ambiente Virtual de Avaliação e Capacitação (Avac). A plataforma auxiliará nas ações desenvolvidas pela Escola do Servidor Penitenciário (ESP).

O Avac foi desenvolvido pelo setor de Tecnologia da Informação e Comunicação do Iapen e é uma versão da plataforma Moodle, Sistema de Ensino à Distância utilizado mundialmente e otimizado para uso em EAD. Ele oferece ferramentas necessárias para realização de cursos e demais atividades de formação não presenciais, podendo ser acessado de qualquer lugar onde haja uma conexão com internet e um navegador atualizado.

Equipe da Escola do Servidor Penitenciário realizou uma breve apresentação sobre a funcionalidade do ambiente virtual Foto: Elenilson Oliveira.

De acordo com a diretora da ESP, Helena Guedes, a implantação do Avac já vinha sendo estudada pela equipe e, diante da atual situação provocada pela pandemia de Covid-19, houve a necessidade de dar maior celeridade ao projeto.

“Além de cursos à distância, os servidores poderão realizar avaliações para promoção utilizando o Avac. Isto representa um grande avanço, principalmente, para os servidores do interior do estado, que não precisarão se deslocar até a capital para participar dos cursos e nem para realizar a avaliação da promoção, facilitando a logística e gerando economia para os cofres públicos”, ressaltou a diretora.

Gestores ressaltaram os ganhos na formação profissional dos servidores Foto: Elenilson Oliveira.

Para o presidente do Iapen, Arlenilson Cunha, este é um momento ímpar que materializa um grande avanço na formação profissional dos servidores do Iapen. “O Avac contempla muito o Iapen no que tange ao fortalecimento, porque entendemos que tudo passa pela formação. Se nós queremos ser uma instituição forte, nós precisamos de uma boa formação e o Avac possibilita isso”, disse aos servidores presentes.

Ele também destacou o fato de a plataforma ter sido idealizada por servidores da própria instituição e funcionar com software livre, o que possibilita a utilização a custo zero. Além disso, o presidente ressaltou os ganhos na formação dos servidores. “Nós temos cerca de 700 servidores em período de promoção que em 2021 precisarão realizar a prova. O servidor que se deslocava de Cruzeiro do Sul até Rio Branco hoje não precisará mais. De lá, ele vai acessar a plataforma. Isso marca de forma significativa o Instituto, pois nós vamos ter formação continuada, avaliação de promoção e cursos autoinstrucionais”, afirmou.

O secretário de Justiça e Segurança Pública, Paulo Cézar Santos, explicou que o momento representa o cumprimento do princípio constitucional da eficiência administrativa. “É através da formação continuada dos quadros que a qualidade e, principalmente, o fortalecimento do capital intelectual da instituição permitirá alcançar resultados diferentes. São iniciativas como essa que nos fazem buscar outros parâmetros para a administração”, disse.