Humanização encerra ArteCura no Hospital do Idoso

Enfermeiros, servidores e médicos aliam a terapia da arte em prol da reabilitações de pacientes

Encerramento_ArteCura_-_RadionDurante quatro meses no Hospital do Idoso, poesia, música, artesanato, mensagens, e muita alegria compuseram o tratamento de reabilitação de vários pacientes, por meio de ações do projeto ArteCura (Foto:Assessoria SGA)ovela_1
Durante quatro meses no Hospital do Idoso, poesia, música, artesanato, mensagens, e muita alegria compuseram o tratamento de reabilitação de vários pacientes, por meio de ações do projeto ArteCura (Foto:Assessoria SGA)
Durante quatro meses no Hospital do Idoso, poesia, música, artesanato, mensagens, e muita alegria compuseram o tratamento de reabilitação de vários pacientes, por meio de ações do projeto ArteCura (Foto:Assessoria SGA)

Durante quatro meses no Hospital do Idoso, poesia, música, artesanato, mensagens, e muita alegria compuseram o tratamento de reabilitação de vários pacientes, por meio de ações do projeto ArteCura (Foto:Assessoria SGA)

Durante quatro meses, no Hospital do Idoso, poesia, música, artesanato, mensagens e muita alegria compuseram o tratamento de reabilitação de vários pacientes, por meio de ações do projeto ArteCura. Na tarde da última quinta-feira, 17, o governo do Estado do Povo do Acre, por meio da Secretaria Adjunta de Humanização da Gestão Pública, que é órgão da Secretaria de Gestão Administrativa, encerrou mais uma etapa do projeto, que tem como objetivo promover a sensibilização e integração entre servidores e usuários dos ambientes hospitalares.

Os locutores da  Rádio Humanizar apresentaram a programação de encerramento do ArteCura, que contou com diversas intervenções artísticas, como “A Hora da Mensagem”, “O Momento Musical”, com repertório escolhido pelos servidores, usuários e acompanhantes, “A Hora do Cordel” e a “Colcha de Histórias”, confeccionada com retalhos que foram pintados e bordados pelos participantes do projeto.

Na oportunidade, a radionovela produzida e apresentada por servidores do hospital, estreou seu primeiro capítulo. Intitulada “Pecados e virtudes”, a história foi criada pelos servidores durante as visitas da Rádio Humanizar na execução do ArteCura. Os encontros foram realizados todas as quartas e sextas-feiras dos meses de agosto, setembro, outubro e novembro.

Para a secretária Adjunta de Humanização, Francis Mary Lima, o encerramento do projeto que utiliza atividades lúdicas e artísticas como instrumento de reabilitação trata de mais um passo rumo à concretização do desafio lançado pelo governador Tião Viana ao criar a Secretaria Adjunta de Humanização.

“O projeto foi idealizado no início da gestão com a finalidade de fazer uma interação por meio da arte, mostrando o poder terapêutico e que tem ajudado a melhorar os relacionamentos entre pacientes, médicos, enfermeiros e acompanhantes. Espero que a semente que plantamos dê bons frutos e os servidores possam dar continuidade a esse trabalho, alegrando sempre o ambiente hospitalar”, destaca.

Francis Mary, acrescenta que com o resultado dessa etapa do ArteCura surge a expectativa de que seja possível em 2012 levar o projeto para outras unidades hospitalares. “Esse foi o desafio lançado pelo Governo do Estado. O de implementar a humanização nos hospitais e nós estamos usando a arte como aliada nessa tarefa”.

A gerente de humanização do Hospital do Idoso, Terezinha Leitão, fala da mudança significativa que as ações do projeto promoveram no hospital e na vida dos pacientes. “As pessoas passaram a sentir mais a vontade e felizes dentro do hospital, tendo no corpo clínico aliados para a reabilitação dos pacientes. Eles pintaram juntos, cantaram, se conheceram melhor e tornaram esse hospital em um lugar alegre e cheio de vida. Esse projeto foi uma novidade ótima para os pacientes, nós abraçamos a causa e agradecemos a iniciativa”, conclui.