Infraestrutura

Governo segue com obra de abertura do Ramal Joaquim Sousa, em Feijó

O governo do Estado, por meio do Departamento de Estradas de Rodagem do Acre (Deracre), está dando continuidade à obra de abertura do Ramal Joaquim Sousa, em Feijó. O objetivo é a construção de uma rodovia estadual ligando Feijó, no Acre, a Envira, no Amazonas.

Objetivo é a construção de uma rodovia estadual ligando Feijó, no Acre, a Envira, no Amazonas Foto: Eudes Góes.

De acordo com Cláudia de Sousa Leite, gerente regional do Deracre Feijó, “os trabalhos já avançaram cerca de 14 quilômetros adentro de mata fechada”. Segundo ela, as ações do Deracre dependem do comportamento da natureza: “Quando chove, por exemplo, não temos como sair, pois o terreno onde trabalham as máquinas fica impróprio”.

Cláudia de Sousa Leite é gerente regional do Deracre Feijó Foto: Eudes Góes.

Quanto à legalidade da obra, a gestora declarou que desde o início deste ano o governo do Estado acionou toda sua equipe no sentido de providenciar os mecanismos legais para que a obra seguisse sem embargos. Um estudo feito pela geógrafa Leidiane Pereira, que atuou na pesquisa de campo com o apoio do Instituto de Meio Ambiente do Acre (Imac), apontou que no trajeto da futura estrada existem sete igarapés e também o Rio Jurupari.

Geógrafa Leidiane Pereira atuou na pesquisa de campo Foto: Eudes Góes.

Segundo o relatório, existe na região uma comunidade com aproximadamente cem pessoas que vivem da piscicultura, criação de bovinos, suínos, aves, plantação de mandioca, verduras, frutíferas e produção de farinha.