Atividades vão até o dia 23 e contam com a participação de socioeducandos, suas famílias e a comunidade

Apresentações de corais, peças teatrais, recitação de poemas, apresentações musicais dentre outras ações são destaques como produção dos internos (Foto:Assessoria ISE)
Apresentações de corais, peças teatrais, recitação de poemas, apresentações musicais dentre outras ações são destaques como produção dos internos (Foto:Assessoria ISE)

Apresentações de corais, peças teatrais, recitação de poemas, apresentações musicais e outras ações são destaques como produção dos internos (Foto: Assessoria ISE)

Promover a integração das famílias ao processo socieducativo, valorizar o potencial positivo dos socioeducandos, reconstruir princípios e valores de vida em sociedade e, claro, comemorar o nascimento do Menino Jesus.

Com esses objetivos, o Instituto Socioeducativo (ISE), órgão autárquico do governo do Estado, promove uma semana de atividades alusivas ao Natal nos Centros Socioeducativos (antigas pousadas dos adolescentes) e Centros da Juventude de Rio Branco. As festividades estão acontecendo de 12 a 23 deste mês.

Apresentações de corais, peças teatrais, recitação de poemas, apresentações musicais e outras ações são destaques como produção dos internos, provando que o trabalho socioeducativo que vem sendo realizado pela equipe do ISE começa a produzir resultados.

Os adolescentes também participam de oficinas de artesanato, onde produzem toda a ornamentação dos espaços, o que para eles tem todo um significado, pois suas famílias são os convidados especiais.

A equipe pedagógica é responsável pelos ensaios coreográficos e pelas peças teatrais. Já a equipe técnica (assistentes sociais e psicólogas) é responsável por fazerem os contatos e a aproximação com as famílias. Para a psicóloga do Centro Socioeducativo Aquiry, Manuella Andresen, o Natal é um momento de reflexão, de repensar valores, de reunir a família e de fortalecer seus vínculos. Os professores são os responsáveis por meses de trabalho com os adolescentes, ajudando-os a escolherem as atividades, diagnosticando cada talento escondido. São visto pelos adolescentes como referências de vida. A professora Missilene Cruz ressalta a importância das comemorações de Natal. “Para a gente é um dia de comemorar todas as vitórias e relembrar as dificuldades vencidas”, declara.

Nos centros da Juventude, os mais de 500 adolescentes cumprindo medida socioeducativa de liberdade assistida realizam a ação comunitária Juventude Natalina. A proposta é promover uma semana de atividades para as comunidades em torno dos centros. Os adolescentes deixam de ser infratores para protagonizarem uma ação solidária e de amor ao próximo.

Para a assistente social Joelma Barbosa, é essencial envolver os adolescentes nas atividades comemorativas. A maioria dos meninos é excluído pela sociedade. Essas atividades são justamente para que eles possam revelar seus potenciais positivos  e mostrarem que merecem uma chance para se reintegrarem à sociedade. As atividades culturais  trabalham a afetividade e a ação em grupo, e isso e fundamental”, destacou.

A ação também envolve estagiários do curso de Serviço Social de várias faculdades de Rio Branco. A estagiária Thaís Araújo destaca a importância acadêmica de sua participação na atividade. “O acadêmico aprende a ter comprometimento com a sociedade. Estamos na época de Natal, que trata da fraternidade, da partilha e solidariedade. Momentos como esses são gratificantes, nos quais todos crescemos – o acadêmico, o adolescente e o sistema socioeducativo”, relatou.