desenvolvimento

Governo participa da 10ª Reunião da Ação Pró-Amazônia

O governador do Estado do Acre, Gladson Cameli, participou na manhã desta quarta-feira, 1º, da 10ª Reunião da Ação Pró-Amazônia, uma associação sem fins lucrativos, com sede em Brasília, formada pelas federações das indústrias dos estados que compõem a Amazônia Legal. A reunião aconteceu na sede da Federação das Indústrias do Estado do Acre (Fieac).

A 10ª reunião aconteceu na sede da Federação das Indústrias do Estado do Acre (Fieac). Foto: Diego Gurgel/Secom

A Ação Pró-Amazônia foi criada em 26 de novembro de 1991 e tem como principal objetivo promover a integração das diretrizes e ações das federações associadas, visando o desenvolvimento socioeconômico da região. Também busca defender os interesses das federações junto à Confederação Nacional da Indústria (CNI), colaborando na discussão de projetos dos poderes Executivo, Legislativo e Judiciário e de outras entidades não-governamentais.

Atualmente, a Federação das Indústrias do Estado de Rondônia exerce a presidência da entidade. Fazem parte da Ação Pró-Amazônia as federações dos estados de Rondônia, Acre, Amazonas, Mato Grosso, Tocantins, Pará, Roraima, Amapá e Maranhão. As reuniões ordinárias acontecem mensalmente.

Governador afirmou que é possível fortalecer o agronegócio sem prejudicar o meio ambiente Foto: Diego Gurgel/Secom

Sobre o desenvolvimento industrial e a integração entre os estados, aliado à preservação da Amazônia, o governador Gladson Cameli destacou que, para fortalecer o agronegócio, não há a necessidade de prejudicar as florestas e o meio ambiente. “Dá para você preservar, dá para fazer um programa de governo voltado para o desenvolvimento e a geração de emprego com sustentabilidade”, afirmou.
Ele frisou que se pode fortalecer o agronegócio obedecendo a Constituição Federal e o novo Código Florestal Brasileiro. “Fazendo isso com sustentabilidade, utilizando o que temos de mais moderno de alternativas para que você não venha a prejudicar o meio ambiente, temos tudo para construir um Acre desenvolvido, sustentável e, principalmente, respeitando e cuidando da vida das pessoas”, disse.

Presidente da Fieac agradeceu a participação e apoio das demais federações Foto: Clara Martins/Cedida

Para o presidente da Federação das Indústrias do Estado de Rondônia (Fiero) e da Ação Pró-Amazônia, Marcelo Thomé, a reunião marca os 30 anos da entidade e simboliza a força e a união das federações na agenda do desenvolvimento sustentável de toda a região. “A presença de todas as federações e do governador na nossa reunião reforça o compromisso das federações com o desenvolvimento de toda a região e demonstra um olhar detalhado e atencioso para cada agenda”, ressaltou.
O presidente da Fieac, José Adriano Ribeiro, agradeceu pela presença de todos os presidentes e do governador e também pelo apoio que tem recebido da Confederação Nacional da Indústria no que diz respeito ao desenvolvimento do estado. “Temos uma proposta muito clara do que nós queremos. A expectativa para 2022 é muito grande, mas estamos com um projeto de 10 anos que se consolida com o apoio de todas as federações da Amazônia e do setor produtivo”, finalizou.