Fluxo de obras

Governo monitora etapas de serviços e investimentos em infraestrutura

Os investimentos em infraestrutura abrangem todas as estruturas para oferecer as condições necessárias à qualidade dos serviços prestados à população, como mobilidade urbana, saneamento básico, habitação e demais políticas públicas.

Como forma de avaliar os projetos, programas e construções de espaços e aparelhos públicos, o governo do Acre realiza periodicamente o monitoramento das ações que estão sendo realizadas e as aplicações previstas até o fim de 2018.

Nesta quarta-feira, 4, os gestores das secretarias de Obras Públicas (Seop), de Habitação e Interesse Social (Sehab) e dos departamentos de Pavimentação e Saneamento (Depasa) e de Estradas de Rodagem (Deracre) apresentaram um panorama dos trabalhos em execução.

O encontro foi realizado na Casa Civil e teve a participação do governador Tião Viana, da vice-governadora Nazareth Araújo, da secretária-chefe da Casa Civil, Márcia Regina, o secretário de Planejamento (Seplan), Márcio Veríssimo, e dos demais assessores e integrantes da equipe de governo.

Gestores apresentaram o cronograma de obras para o governador Tião Viana (Sérgio Vale/Secom)

No início do ano, a gestão estadual garantiu R$ 1 bilhão para ser investido nesta última etapa da administração do governador Tião Viana.

Num cenário de crise nacional, esse aporte financeiro se torna expressivo, em que os setores ligados à infraestrutura do Estado realizam grandes estruturações e serviços em todas as cidades acreanas, que chegam aos valores de R$ 400 milhões em obras em execução.

Nos quatro municípios de difícil acesso – Porto Walter, Marechal Thaumaturgo, Jordão e Santa Rosa -, o governo do Acre, por meio do Depasa, executa o Programa Saneamento Ambiental Integrado e Inclusão Socieconômica (Proser).

Cerca de R$ 100 milhões são destinados à implementação de saneamento básico, tratamento de esgoto, módulos sanitários para famílias de baixa renda, pavimentação e rede de distribuição de água.

Cerca de 70% das obras de saneamento integrado em Marechal Thaumaturgo foram concluídas (Foto: Sérgio Vale/Secom)

“Neste último quesito, melhoramos o abastecimento de municípios como Sena Madureira, Feijó e Tarauacá e atualmente estamos com frentes de serviços em Acrelândia, Assis Brasil e Porto Acre. Com o empenho do governador para a captação e liberação de recursos, contemplaremos outras cidades, além de darmos seguimento às últimas etapas do programa Ruas do Povo em Rio Branco”, relata o diretor-presidente do Depasa, Edvaldo Magalhães.

Na parte de urbanização e implementação de novos espaços públicos, o titular da Seop, Átila Pinheiro, informa que o órgão executa as obras Programa de Aceleração do Crescimento (PAC 2) na capital, além de reformas e construções de unidades de segurança, de saúde, educação, cultura, esporte e lazer.

Obras do novo prédio do Ensino Especial da Secretaria de Educação em Rio Branco (Foto: Gleilson Miranda/Secom)

“No fim desta semana, entregaremos mais um etapa de ampliação da unidade prisional de Senador Guiomard. Temos avanços na nova Sala de Coleta do Hospital das Clínicas, que chegou à fase de retoques. As obras no Parque Tucumã estão 88% concluídas, além da inaugurações de praças, creches e escola técnica na Cidade do Povo, unidade escolar em Cruzeiro do Sul, entre outras diversas intervenções em todo o estado ainda neste ano”, destaca Pinheiro.

A secretária de Habitação, Janaína Guedes, avalia que esses encontros entre gestores e o governador, além de visualizarem os conjuntos de obras, potencializa a parceira entre as instituições para dar maior dinâmica nos empreendimentos.

“O ritmo das obras do Parque do Palheiral indica que podemos estipular sua entrega para o fim de dezembro. Estamos retomando as frentes de serviço no Conjunto Andirá, e no termino de 2017 entregaremos mais 40 unidades habitacionais”, destaca Janaína Guedes.

Quadra esportiva e demais aparelhos públicos estão sendo construídos no Parque Palheiral (Foto Cedida)

Com a economia do país em estágio de crise, os controles administrativos e financeiros são fundamentais para a manutenção de prestação de serviços e realização de obras, ponderou o diretor-geral do Deracre, Cristovam Moura.

“Mesmo com o atual cenário econômico, seguimos em 2017, com as constantes intervenções nas rodovias estaduais, nos aeródromos situados nos municípios, na melhoria de ramais e construções de pontes e estamos iniciando a recuperação da rampa do porto de Cruzeiro do Sul, além de várias ações integradas, de inverno a verão, no desenvolvimento contínuo da nossa infraestrutura”, disse Moura.

Governo e Incra construiriam a ponte do Riozinho do Rola na Transacreana (Diego Gurgel/Secom)