Até abril deste ano, o aposentado José Piamarque de Souza precisava acordar pela madrugada e se deslocar, três vezes por semana, 230 quilômetros de Epitaciolândia até Rio Branco para realizar sessões de hemodiálise no setor de Nefrologia da Fundação Hospitalar do Acre (Fundhacre).

José Piamarque recebeu os cumprimentos do governador Gladson Cameli enquanto aguardava por sessão de hemodiálise. Foto: Diego Gurgel/Secom

Viagens extremamente cansativas e que traziam desconforto ao homem de 66 anos de idade. Há um mês, todo esse transtorno ficou no passado.

O governo do Acre, por meio da Secretaria de Estado de Saúde, passou a ofertar o serviço em Brasileia.

“A gente saia daqui de manhã cedo e chegava à noite e até mesmo de madrugada de Rio Branco. Agora tá uma maravilha e, graças a Deus, acabou o nosso sofrimento”, afirmou.

Nesta terça-feira, 10, o governador Gladson Cameli visitou a Clínica do Rim, empresa que está prestando os serviços de hemodiálise e diálise peritoneal aos pacientes da regional do Alto Acre. Atualmente, cerca de 30 pacientes são atendidos na unidade.

Sessões de hemodiálise estão sendo ofertadas pelo governo do Estado, em Brasileia, aos pacientes da regional do Alto Acre. Foto: Diego Gurgel/Secom

“O que estamos fazendo aqui é um ato de humanismo com essas pessoas que dependem da hemodiálise. Acompanho a luta deles e sei o quanto é sofrido esse tratamento deles. O nosso governo prioriza a qualidade de vida das pessoas e é isso que estamos presenciando aqui”, ressaltou o gestor.

A secretária de Saúde Paula Mariano destacou os esforços do governo acreano para que a população, principalmente do interior, tenha mais acesso aos serviços públicos de Saúde.

Governador visitou as instalações da Clínica do Rim, empresa que presta serviços de hemodiálise e diálise peritoneal ao governo do Acre. Foto: Diego Gurgel/Secom

“Proporcionar um serviço como este não tem preço. Fiquei bastante emocionada com a história de uma senhora que saia aqui de Brasileia até Rio Branco durante dez anos. Agora, ela está fazendo o tratamento dela na cidade onde mora com dignidade”, destacou.

Alessandro Nasserala, proprietário da clínica especializada em doenças renais, enfatiza que o serviço oferecido aos pacientes é de excelente qualidade.

“Além de utilizarmos os melhores equipamentos e materiais, não fazemos reuso em nossos tratamentos. Isso garante mais benefícios ao pacientes”, explicou.