agronegócio

Governo investe quase R$ 8 milhões em reformas de armazéns da Cageacre em Cruzeiro do Sul e Senador Guiomard

Fomentar o agronegócio é uma das apostas da gestão Gladson Cameli para transformar o Acre em terra de oportunidades. No plano de 100 dias do governo, a reestruturação de unidades armazenadoras da Companhia de Armazéns Gerais e Entrepostos do Acre (Cageacre) é uma das medidas que visam alavancar o setor no estado.

Equipes do governo realizaram visita técnica no armazém da Cageacre em Cruzeiro do Sul, na tarde desta quarta-feira, 25. Foto: Marcos Santos/Secom

Somente em Cruzeiro do Sul e Senador Guiomard são investidos quase R$ 8 milhões nas estruturas, que vão ampliar e melhorar a assistência dada ao pequeno e médio produtor, com os serviços de pelagem de arroz e secagem de milho. Futuramente, as unidades visam atender as produções de café.

Os armazéns de Manoel Urbano, Feijó e Tarauacá também passarão por intervenção do governo. Foto: Marcos Santos/Secom

Pádua Bruzugu, diretor presidente da Cageacre, enfatiza que a meta do executivo Estadual é bem atender o produtor acreano. “O agronegócio cresce e desponta como caminho para a economia acreana. Estamos à disposição para erguer as mãos aos que querem produzir no estado, gerando emprego, renda e riqueza”, pontuou.

A meta do governo é bem atender o produtor rural. Foto: Marcos Santos/Secom

A intervenção estadual contempla as estruturas com reforma do piso, pintura, instalação elétrica, além da recuperação de fornalha, cobertura de galpão para secador de café, entre outros serviços.

Serviços fazem parte do projeto de fomento do agronegócio, que é umas das grandes apostas do governo para trazer desenvolvimento ao Acre. Foto: Marcos Santos/Secom

A obra na unidade de Cruzeiro do Sul avança para a fase de conclusão, com previsão de entrega nos próximos meses. As melhorias no armazém de Senador Guiomard foram finalizadas pela administração estadual.