Governo instala Gabinete de Gestão Integrada de Fronteiras no Juruá

Secretário de segurança anuncia criação núcleo de inteligência em Tarauacá (Foto: Onofre Brito/Secom)
Secretário de segurança anuncia criação núcleo de inteligência em Tarauacá (Foto: Onofre Brito/Secom)

Em cerimônia no quartel da Polícia Militar, em Cruzeiro do Sul, com a presença de autoridades militares e civis, ocorreu a instalação do Gabinete de Gestão Integrada de Fronteiras (GGI-F), por meio do qual será instalado um núcleo de Inteligência Policial em Tarauacá.

O GGI-F deverá articular todas as forças que compõem a Segurança Pública nas esferas estadual e federal e ainda Ibama, Instituto de Meio Ambiente do Acre (Imac) e outros, para realizar operações integradas de maneira regular.

Segundo o secretário de Estado de Segurança Pública, Emylson Farias, que preside o gabinete, a ideia é de que esse instrumento de gestão estratégica aja contra a criminalidade de maneira mais adequada, articulada e inteligente, para reduzir os indicadores de violência. O Ministério Público Estadual e o Judiciário também fazem parte do gabinete como convidados.

A partir das orientações do núcleo de inteligência, explica Emylson, será feita uma rotina de operações na fronteira. “A informação virá da inteligência, para que o operacional faça o trabalho de maneira orientada ao problema”, disse.

Consternado

O secretário lamentou o assassinato do cabo da PM Alexandro Aparecido dos Santos, ocorrido em Rio Branco. “Era um profissional qualificado que estava todos os dias na rua, no combate ao crime. Todas as vezes que perdemos alguém no exercício da profissão, defendendo a sociedade, isso nos deixa consternados. Lamentamos pelo episódio e nos solidarizamos com a família”, externou.