infraestrutura

Governo inicia o processo da ativação da nova subestação da ETA II

Nesta quinta-feira, 24, o governo do Acre iniciou a primeira etapa para ativar a nova subestação de energia da Estação de Tratamento de Água (ETA) II, no bairro Sobral, em Rio Branco.

Estruturas elétricas da nova subestação da ETA II estão sendo acionadas por técnicos do governo e da Energisa. Foto: José Caminha/Secom

Os técnicos da empresa de fornecimento de energia estão no local para acionar as estruturas elétricas e sequencialmente realizarem os testes nos equipamentos da nova subestação, como os quadros de comando, inversores de frequência e transformadores, entre outros.

“Os transformadores já foram ligados, estamos fazendo a calibragem dos quadros e inversores de frequências e na  sequência dos testes, também efetuaremos o desligamento das bombas em balsas flutuantes que já serão religadas na nova subestação, para a avaliação do funcionamento do sistema de capta água bruta do Rio Acre para ser tratada”, relata o secretário adjunto de Infraestrutura, Jamerson Lima.

Já na sexta-feira, 25, caracteriza-se a segunda etapa de ativação da nova subestação. Na oportunidade, os agentes técnicos da Secretaria de Infraestrutura (Seinfra) e do Departamento Estadual de Água e Saneamento (Depasa) com o apoio do Departamento de Estradas de Rodagem do Acre (Deracre), desligarão todo o sistema da ETA II.

“Faremos a retirada dos equipamentos da antiga subestação, pois sua estrutura física está comprometida, devido à movimentação do solo, após constantes chuvas. Será um procedimento delicado, que demandará o isolamento da área e também contará com apoio do Corpo de Bombeiros”, explica Lima.

Nova subestação de energia elétrica da ETA II, em Rio Branco. Foto: José Caminha/Secom

O gestor endossa a orientação para a comunidade que reside nas proximidades da ETA II, que evite estar presente ao local. “Muitas pessoas ficam próximas das estruturas de captação, principalmente para pescar no entorno da terceira ponte. Por isso, aconselhamos que não frequentem a região no momento das intervenções”, disse.

Abastecimento

Para evitar transtorno aos consumidores da capital, o Depasa montou uma logística para manter o processo de distribuição de água durante as intervenções na ETA II.

Nesta quinta-feira, o abastecimento de água da região central, Calafate, Portal da Amazônia e parte alta da cidade será mantido, porém, de forma reduzida. Já na sexta-feira, o sistema de captação de água bruta do Rio Acre estará totalmente parado. O processo de distribuição de água tratada será reduzido para todos os bairros da capital.