infraestrutura

Governo garante recurso para ampliação da Policlínica da PM em Rio Branco

Como parte do plano de gestão para a reestruturação dos órgãos que integram o Sistema de Segurança Pública, o governo do Acre, por meio da Secretaria de Estado da Justiça (Sejusp), recebeu a liberação de recursos destinados à ampliação da Policlínica da Polícia Militar, em Rio Branco.

O montante de R$ 400 mil é fruto de um convênio firmado junto ao Ministério da Defesa e deve garantir a completa execução do serviço, que já está em fase de andamento. A notícia foi dada por meio de ofício enviado pela representação do governo em Brasília.

A Policlínica receberá novo bloco administrativo. Foto: Lília Camargo

Criada em 1994, a Policlínica da Polícia Militoar oferece atendimentos em saúde aos profissionais da instituição e seus dependentes há 27 anos. Possui salas de atendimento médico, farmácia e posto para coleta de exames laborais. O projeto de ampliação da unidade prevê a construção de um novo bloco térreo de 150m², com áreas administrativas, alojamento para oficiais e sala para realização de cadastros.

“A obra já está em andamento, contudo precisou de ajustes em seu projeto e os serviços devem ser totalmente retomados em breve. A ampliação é imprescindível para a melhoria dos serviços oferecidos pela unidade, para a valorização do servidor e para a qualidade de vida dos nossos profissionais”, afirmou Paulo César Gomes, comandante-geral da Polícia Militar.

A obra já está em processo de andamento. Foto: cedida

Outros investimentos

A Sejusp também recebeu a liberação de recurso para a construção de uma quadra esportiva de grama sintética coberta, destinada ao Batalhão da PM em Sena Madureira. O valor, de pouco mais de R$ 508 mil, foi liberado por meio de convênio como Ministério da Cidadania.

“Investir na reestruturação das polícias é um dos pilares da gestão, um compromisso firmado pelo governo do Estado e estamos cumprindo. Segurança pública também se faz dando aos profissionais condições e o reflexo é um serviço prestado com melhor qualidade”, frisou Paulo Cézar dos Santos, secretário de Justiça e Segurança Pública.