unidade móvel

Governo ganha mais um projeto itinerante para desburocratizar serviços da pasta ambiental

Por meio de emenda parlamentar, Estado terá unidade móvel com infraestrutura completa para atendimentos ao produtor rural e realização de capacitações de técnicos e gestores municipais sobre políticas ambientais do Acre

O governo tem implementado vários projetos itinerantes para facilitar o acesso da população aos serviços do Estado, principalmente para quem mora no interior e regiões isoladas. No mês de setembro, a gestão ambiental do governador Gladson Cameli ganha mais um reforço, a Carreta Ambiental, uma unidade móvel itinerante que oferecerá vários serviços da pasta ambiental, além de cultura e lazer.

O destaque do projeto é desburocratizar o licenciamento ambiental e prestar atendimento e orientações aos produtores rurais no que se refere ao cumprimento da legislação ambiental nos municípios do Acre. A carreta ambiental vai percorrer, nessa primeira etapa, 11 municípios das regionais do Alto Acre e Baixo Acre.

 

A contratação da empresa se deu por meio de emenda parlamentar da deputada federal Vanda Milani, no valor de R$ 1,5 milhão. O projeto do governo está reunindo todas as instituições do Sistema Estadual de Meio Ambiente. Coordenado pela Secretaria de Estado do Meio Ambiente e das Políticas Indígenas (Semapi), a carreta vai oferecer, por um período de quatro meses, diversos serviços à população do interior, a exemplo de capacitações, orientações em educação ambiental, abertura de processos, vistorias, emissão de licenças e certidões de outorgas, além do trabalho de atendimento à regularização fundiária.

Além da Semapi, vários parceiros confirmaram presença na Carreta Ambiental, como o Instituto de Meio Ambiente do Acre (Imac), Instituto de Terras do Acre (Iteracre), Secretaria de Produção e Agronegócio (Sepa) e Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra). Como a estrutura também tem viés cultural, a Fundação Elias Mansour (FEM) também está sendo contactada pelos técnicos.

Governo do Estado terá unidade móvel (Carreta Ambiental) com infraestrutura completa para realização de capacitações de técnicos e gestores municipais referentes às políticas ambientais do Acre. Imagem: divulgação

O secretário de Estado do Meio Ambiente e das Políticas Indígenas, Israel Milani, está em Brasília, e nesta terça-feira, 10, assinou o convênio para dar início à montagem da estrutura. A carreta dispõe de 80 metros quadrados de área interna, além de um ambiente externo, uma tenda fechada com sistema de ventilação. A estrutura conta ainda com um estúdio de gravação, palco, som e painel de LED.

De acordo com Milani, a desburocratização do Meio Ambiente já é uma realidade no Acre e agora ganha mais um aliado. “A pedido do governador Gladson Cameli, estamos cada vez mais próximos do produtor rural, das comunidades tradicionais, desburocratizando a pasta ambiental e valorizando o ser humano. A carreta vai percorrer todo o eixo da BR, começando pelo Alto Acre. Nossa meta é levar informação e orientações de fácil compreensão do que pode e o que não pode na esfera ambiental, sempre embasado na legislação”, afirma.