Governo do Estado avalia Seplan e Secom

A Secretaria de Comunicação realizou apresentação diferenciada para comemorar resultados e apresentar planos, Márcio Veríssimo lembrou que a Seplan faz um trabalho que envolve a aplicação de recursos transmitidos ao Acre (Foto: Sérgio Vale/Secom)
A Secretaria de Comunicação realizou apresentação diferenciada para comemorar resultados e apresentar planos, Márcio Veríssimo lembrou que a Seplan faz um trabalho que envolve a aplicação de recursos transmitidos ao Acre (Foto: Sérgio Vale/Secom)

Em mais uma rodada de avaliações sobre o desempenho da máquina pública, o chefe de Estado Tião Viana e a equipe de governo se reuniram nesta quarta-feira, 22, no auditório da Secretaria da Fazenda (Sefaz), para rever projetos, resultados positivos e o que ainda falta ser feito. Dessa vez foi o momento das secretarias de Planejamento (Seplan) e de Comunicação (Secom) mostrarem os avanços e metas a serem alcançadas.

O titular da pasta de Planejamento, Márcio Veríssimo, foi o primeiro a se apresentar. A Seplan é responsável por executar o orçamento de todo o Estado, além de contatar créditos e executar os recursos de forma responsável. “Fizemos um trabalho silencioso e democrático, mas em vista de bons resultados. Tivemos um processo que de um lado lidamos com o grande valor de manutenção da máquina pública e do outro lado a redução do nosso maior repasse, o FPE [Fundo de Participação dos Estados]”, disse o secretário, explicando que as operações de crédito foram os mecanismos adotados para que fosse possível realizar novas aquisições.

Nos últimos três anos, foram captados R$ 2,3 bilhões de recursos, mesmo com a redução dos repasses aos estados. Já as operações de crédito somam R$ 2,8 bilhões até o fim de 2014. Ao todo, em investimentos assegurados junto ao governo federal e as carteiras de crédito, o governo de Tião Viana soma R$ 6 bilhões para o Acre até o término da gestão.

Entre os principais resultados, a secretaria comemora a rápida viabilização das carteiras de crédito, internalização de 100% do Proinveste, integralização de capital da Agência de Negócios do Acre (Anac) e a diminuição da pressão no Tesouro. Hoje, só a Seplan gerencia 16 operações de projetos no Estado.

A pasta também é responsável pela administração dos 370 convênios existentes no Acre, entre pequenos, médios e grandes. Gerencia também os investimentos do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) e a descrição de aplicações de todo o orçamento estadual. “Puxamos pra lá, puxamos pra cá, mas a conta sempre fecha”, conclui Márcio.

Secom

Em seguida, numa apresentação em vídeo, o secretário de Comunicação, Leonildo Rosas, e a secretária adjunta, Andréa Zílio, mostraram alguns dos principais resultados conquistados através da Secretaria de Comunicação (Secom) e da Fundação Aldeia de Comunicação (Fundac). “Nossa missão é estar presente em todo o território acreano, comunicando e dando publicidade aos atos do nosso governo. E o nosso trabalho necessita efetivamente do companheirismo e trabalho de todo o governo, porque só fazemos se todo o governo fizer”, disse.

Hoje, com 269 servidores em todas suas unidades, a Secom e a Fundac comemoram os resultados positivos, entre eles a afirmativa de que 94% dos entrevistados pelo Vox Populi estão bem informados sobre as ações do governo, de acordo com a última pesquisa executada pela instituição.

Ao todo, já foram realizadas 90 campanhas publicitárias informando sobre as ações do governo. E enquanto o portal Agência de Notícias do Acre já publicou 18 mil reportagens até 2013, com 8 milhões de acessos,  houve 500 horas de transmissão, ao vivo, partilhadas entre a TV e a rádio pública. Inclusive, a Difusora se prepara para comemorar 70 anos no próximo mês de agosto.

Entre outras conquistas, a Fundação Aldeia passou a pertencer a rede da Empresa Brasil de Comunicação (EBC), ajudando a construir a rede de rádios do Brasil. 2013 também marcou uma nova fase para a TV Aldeia, com programas como o Show de Calouros, o Fala Secretário e o Programe-se. A luta, agora, é pelo sinal digital da emissora, que deve se concretizar ainda esse ano.