Avenida Edmundo Pinto passou por uma grande intervenção e agora oferece mais segurança aos motoristas, ciclistas e pedestres

capixaba__2.jpg
capixaba_3.jpg

Nova avenida garante segurança aos pedestres e espaço para lazer e para o comércio (Fotos: Sérgio Vale/Secom)

O Governo do Estado entrega nesta sexta-feira, 22, às 18 horas, as obras da Avenida Edmundo Pinto, em Capixaba. O projeto de urbanização e duplicação de 1.280 metros da principal via da cidade, executado pelo Departamento Estadual de Estradas e Rodagens do Acre (Deracre), teve o investimento de R$ 4,3 milhões. Parte dos recursos do Tesouro Estadual e outra do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES – fase 3).

Antigamente, os moradores de Capixaba que antes disputavam espaço na Avenida (que é um trecho urbano da BR-317) com veículos de todo tamanho – até ônibus e carreta. Agora, eles terão segurança em uma avenida duplicada com calçada e ciclovia protegida por canteiros. A cidade é cortada pela rodovia, cujo movimento, com o advento da Estrada do Pacífico, não para de crescer.

O projeto de urbanização também garantiu espaço adequado aos comerciantes, com galeria de novas lojas. O Deracre plantou ainda cerca de 200 árvores da palmeira-jerivá no canteiro central da Avenida Edmundo Pinto.  "A espécie foi escolhida por ser resistente", explica o diretor do órgão, Marcos Alexandre. Jerivá e coquinho são dois nomes vulgares do Syagrus romanzoffiana, palmeira que no Brasil é nativa da Mata Atlântica e que pode ser encontrada em diferentes tipos de florestas – e que, melhor de tudo, tem se adaptado bem no Acre, terra de clima diferente de seus ambientes anteriores.