público feminino

Governo e Hospital de Amor organizam mutirão de atendimentos em frente ao Palácio Rio Branco

O governo do Estado em parceria com o Hospital de Amor irá disponibilizar nos próximos dias 13 e 14 de junho, em frente ao Palácio Rio Branco, um mutirão de atendimentos, voltado principalmente ao público feminino.

Unidade Móvel do Hospital de Amor estará estacionada em frente ao Palácio Rio Branco. Foto: Neto Lucena/Secom

Na Unidade Móvel do Hospital de Amor, uma carreta que leva esses atendimentos, estarão sendo oferecidos exames de mamografia a mulheres com idades entre 50 a 69 anos, realização de  preventivos do câncer de colo do útero (PCCU) a partir de 25 a 64 anos de idade, agendamentos para prevenção do câncer de boca para homens e mulheres a partir de 35 anos fumantes ou consumidores de bebida alcoólica e ex-fumantes de até 20 anos de idade. Haverá também avaliação para prevenção contra câncer de pele e, se necessário, encaminhamento para especialistas da área.

Ana Maria Negreiros, gerente do Hospital de Amor, convida a todas as mulheres que trabalham no centro da cidade e que não realizaram seus exames de mamografia e PCCU, a comparecerem em frente ao Palácio para participar dos atendimentos, que ocorrerão durante todo o dia. Ela também chama homens e mulheres para agendamento de prevenção do câncer de pele e boca, e agradece a colaboração do Estado.

Mutirão é fruto de parceria entre o governo do Estado e o Hospital de Amor. Foto: cedida

“É muito importante que todos se previnam, porque a prevenção salva vidas, e é por isso que o Hospital de Amor está aqui, com muito amor, com muito carinho,  com muita dignidade para salvar a vida de homens e mulheres acreanos, realizando esses atendimentos.  Quero agradecer ao governo do Estado por essa parceria. Estaremos com a carreta na praça do Palácio para atender, principalmente, as mulheres da nossa capital”, destaca.

O chefe de gabinete do governo do Estado, José Rosemar Andrade de Messias, destacou a importância da parceria e da realização da ação para a capital, primeiro local onde serão realizados os atendimentos, que serão expandidos para os demais municípios acreanos.

Gerentes do Hospital de Amor, em visita ao gabinete do governo. Foto: cedida

“Com satisfação e gratidão nós recebemos esses serviços do Hospital do amor. O Estado está disposto e totalmente apto a auxiliar no que for necessário à execução dos serviços, auxiliando na estrutura, segurança e disponibilização de local. Com certeza o local escolhido vai atender uma grande quantidade de mulheres que trabalham no centro da cidade e transeuntes, o que vai auxiliar o estado na prevenção contra essas doenças,” ressaltou.