Investimentos

Governo e Exército debatem parcerias na área da infraestrutura

O governador Gladson Cameli se reuniu na manhã desta quinta-feira, 26, com o comandante do 2º Grupamento de Engenharia do Exército, sediado em Manaus (AM), general de Brigada Marcelo Pereira Lima de Carvalho, para tratar de questões relacionadas a parcerias para investimentos na área de infraestrutura.

A reunião com o general foi acompanhada pelo secretário de Infraestrutura (Seinfra), Ítalo Medeiros, e pelo secretário de Segurança, coronel Paulo César Araújo, já que parcerias ligadas à segurança, sobretudo na fronteira, também foram tratadas durante o encontro.

Governador Gladson Cameli com o general Marcelo Pereira: estudos de parceria Foto: Marcos Vicentti/Secom

De modo concreto, há a possibilidade do Grupamento de Engenharia, por meio do 7º Batalhão de Engenharia e Construção (BEC), sediado em Rio Branco, realizar uma parceria no tocante ao abastecimento de água em aldeias indígenas, sobretudo no município do Jordão.

As tratativas que foram realizadas entre o governo do Estado e o Exército serão levadas ao comando da Amazônia e também à Brasília, uma vez que a parceria envolve aporte de recursos.

Reunião alinhou investimentos para os municípios mais distantes do Estado Foto: Marcos Vicentti/Secom

O governador Gladson Cameli colocou a estrutura do Estado à disposição do Exército brasileiro que, também por meio do 7º BEC, irá realizar a pavimentação, em concreto, da pista de pouso no município de Santa Rosa do Purus. “É uma obra que nos interessa muito”, afirmou o governador.

O comandante do 2º Grupamento de Engenharia, general Marcelo Pereira, se mostrou favorável às parcerias no tocante à infraestrutura que poderão ser realizadas com o governo do Estado.

“Os estudos do Batalhão prosseguem, juntamente com a Secretaria de Infraestrutura do Estado, de maneira que busquemos os aspectos de adestramento para a nossa tropa de engenharia e, a partir daí, levarmos aos nossos chefes uma proposta de análise para verificar se é possível realizar uma parceria nesse sentido”, afirmou o general.