Proteção da floresta

Governo do Reino Unido confirma apoio à nova fase do Programa REM

O governo do Reino Unido assegurou ao Estado do Acre o interesse pela pactuação da nova fase do Programa REM. O anúncio vem logo após a recente missão de monitoramento, que atestou avanços nos projetos voltados à proteção da floresta e que beneficiam milhares de ribeirinhos, extrativistas, indígenas e produtores rurais.

No documento assinado por Melanie Hopkins, vice-embaixadora do Reino Unido no Brasil, o governo britânico reconheceu o protagonismo do Acre referente as políticas públicas ambientais e também parabenizou a realização do I Fórum Indígena sobre Mudanças Climáticas e Serviços Ambientais.

Governo do Reino Unido confirmou interesse em apoiar nova fase do Programa REM. Recentemente, missão de monitoramento esteve no Acre e foi recebida pelo governador Gladson Cameli. Foto: Marcos Vicentti/Secom

Ao tomar conhecimento da decisão, o governador Gladson Cameli agradeceu a parceria com o Reino Unido e reiterou o compromisso do Poder Executivo de seguir em defesa da natureza e do desenvolvimento socioeconômico da população.

“Essa decisão do governo britânico nos alegra e, ao mesmo tempo, comprova que o trabalho que vem sendo feito nos últimos anos em defesa da floresta e de seus moradores vem dando muito certo. O Acre é exemplo para o mundo e vamos avançar ainda mais. Queremos aliar alternativas que protejam o meio ambiente e melhorem a vida do nosso povo”, comentou.

O Programa REM é coordenado pela Secretaria de Estado de Planejamento (Seplan). O titular da pasta, Ricardo Brandão, lembrou que a iniciativa é finalista do Prêmio Excelência em Competitividade 2023, promovido pelo Centro de Liderança Pública (CLP).

Apoio do Programa REM tem sido fundamental na proteção da floresta e das comunidades tradicionais. Foto: Pedro Devani/Secom

“Isso comprova o sucesso do Programa REM, que é executado com muita dedicação e seriedade por diversos profissionais. Ficamos felizes com essa indicação, que concorreu com outros 150 projetos, e mais ainda com o interesse do governo do Reino Unido em querer continuar nos apoiando”, enfatizou.

O secretário da Casa Civil, Jonathan Donadoni, destacou o empenho do governo acreano com a temática ambiental. “Os números mais atuais comprovam redução nos alertas de queimadas e desmatamentos ilegais. O Estado seguirá atuando firme no combate aos ilícitos florestais”, garantiu.

O Programa REM é fruto de cooperação financeira entre os governos do Acre, da Alemanha e Reino Unido, por meio do Ministério Federal de Cooperação e Desenvolvimento Econômico da Alemanha (BMZ) e do Departamento de Segurança Energética e Net Zero do Reino Unido (DESNZ), por meio do KfW, para implementação de projetos voltados à conservação das florestas que, por meio de diversos órgãos, beneficiam as populações locais.