cultura

Governo do Acre vistoria fase final das obras no Museu dos Povos Acreanos

Na capital Rio Branco, o governo do Acre trabalha intensamente nas obras de reforma e ampliação do futuro Museu dos Povos Acreanos, por meio da Secretaria de Educação, Cultura e Esportes (SEE) e da Fundação Elias Mansour (FEM), responsáveis pela execução, e da Secretaria de Estado de Infraestrutura (Seinfra), que fiscaliza os serviços.

Futuro Museu dos Povos Acreanos está localizado onde funcionava o antigo Colégio Meta, no centro de Rio Branco. Foto: Jean Lopes

Nesta quarta-feira, 7, a equipe técnica da Seinfra vistoriou o andamento das obras que estão em fase final de execução. Antes da inauguração, ainda será necessário o período de testes dos equipamentos. De acordo com o engenheiro, a previsão é de que até o final de janeiro o museu esteja em condições para receber o mobiliário.

“A obra consiste em três grandes fatores: a parte do ar-condicionado, a parte da construção civil e a parte elétrica. Agora estamos finalizando nossa subestação, podendo ligar todas as máquinas de ar-condicionado e fazer todos os testes para os engenheiros acompanharem, pois são testes importantes como os de incêndio, de energia elétrica e do elevador”, ressaltou o engenheiro civil fiscal da obra, Denis Cley Amorim.

Seinfra fiscaliza obras antes de iniciar período de testes nas máquinas. Foto: Jean Lopes/Seinfra

Os aparelhos de ar-condicionado já foram instalados no espaço, onde funcionava o antigo Colégio Meta, no centro de Rio Branco. Este serviço foi licitado e contratado pela Seinfra.

No total, o Museu dos Povos Acreanos está orçado em R$ 34 milhões. Os investimentos contam com recursos próprios do Estado, R$2,3 milhões, e do Banco Mundial.

Obras geram trabalho e renda para operários da construção civil. Foto: Jean Lopes/Seinfra

“Será mais uma obra de qualidade entregue à população. É o nosso objetivo. O governador Gladson Cameli tem o maior carinho pela área da Cultura e, junto ao gestor da Seinfra, Cirleudo Alencar, determinou todo o empenho para entregarmos o prédio atendendo de forma eficiente e confortável os visitantes e garantindo salubridade aos funcionários”, frisou Amorim.