Águas do Brasil

Governo do Acre participa de Encontro Nacional dos Comitês de Bacias Hidrográficas

Servidores da Secretaria de Estado do Meio Ambiente e das Políticas Indígenas (Semapi) e do Instituto do Meio Ambiente do Acre (Imac) participam do XXV Encontro Nacional dos Comitês de Bacias Hidrográficas (Encob). O evento teve início na última segunda-feira, 21, e segue até a sexta-feira, 25, na cidade de Natal, no Rio Grande do Norte.

Com o tema “Águas do Brasil: Governança, Adaptação e Desenvolvimento”, o encontro tem como objetivo a discussão ampla dos compromissos e responsabilidades dos entes do Sistema Nacional de Gerenciamento de Recursos Hídricos (Singreh), visando a otimização das ações de preservação da qualidade e quantidade das águas do Brasil e estabelecer elos entre a boa gestão dos recursos hídricos na recuperação e preservação da saúde das populações.

A diretora de Recursos Hídricos e Fauna do Imac, Paola Daniel, que participa do encontro, destacou que o evento é um espaço propício para discussão sobre a integração da gestão de recursos hídricos com a gestão ambiental: “Nosso estado precisa avançar nesse tema, para que possamos pensar em estratégias mais efetivas para garantir a segurança hídrica e lidar com os eventos extremos, secas e cheias, que vivemos atualmente”.

Servidores da Semapi e do Imac participam do XXV Encontro Nacional dos Comitês de Bacias Hidrográficas. Foto: Arquivo Pessoal

As atividades realizadas no encontro incluem jornadas de capacitação, palestras técnicas, oficinas e rodas de diálogos. Nesse período também é realizada a reunião ordinária do Fórum Nacional de Órgãos Gestores das Águas (FNOGA).

“O Encob é uma oportunidade de diálogo, de conhecer experiências exitosas de gestão de recursos hídricos e de aprendizagem, por meio da vasta programação da jornada de capacitação, o que nos possibilitará melhor atuação na gestão de recursos hídricos no estado”, destacou a bióloga e chefe do Departamento de Recursos Hídricos e Qualidade Ambiental da Semapi, Ana Negreiro.

O encontro conta com a participação dos entes do Sistema Integrado de Gerenciamento de Recursos Hídricos do Brasil, dos representantes do Poder Público das três esferas, dos usuários de recursos hídricos, ONGs, universidades e outros interessados no tema água.