agronegócio

Governo do Acre leva tecnologia para produtores de banana do ramal Campo Novo

O governo do Acre, por meio da Secretaria de Estado de Indústria, Ciência e Tecnologia (Seict), fortalece a agricultura familiar em todo o estado com o uso de tecnologia. Na última quinta-feira, 9, produtores rurais da Associação Campo Novo, no município de Acrelândia, foram beneficiados com uma ordem de serviço para reforma da Casa Embaladora de Banana e a ordem de instalação de duas câmaras frias. O investimento total é de R$ 1,1 milhão com recursos do Proser e recursos próprios do estado.

Investimentos beneficiam mais de 150 famílias produtoras de banana cumprida no ramal Campo Novo, em Acrelândia. Foto: Alice Leão

“Com esse incentivo nós vamos produzir mais e melhorar a nossa renda. Com as embalagens, nos tornaremos mais competitivos”, disse Gerci de Souza, presidente da associação Campo Novo. O produtor Adriano Ribeiro Neto há 30 anos trabalha no cultivo de banana. Para ele, “chegou a esperança que faltava para impulsionar a cultura em toda a região. Só temos que agradecer o governador”, acrescentou o produtor.

O titular da pasta de indústria, Assurbanipal Mesquita, explicou que a ação estratégica tira os produtores das mãos dos atravessadores, agregando valor de mercado ao produto que já é comercializado em larga escala. “A Casa de Embalagem tem capacidade de 10 toneladas por operação, com essa organização os produtos vão chegar mais longe. São benefícios para 150 famílias neste projeto. Essa é uma determinação do governador Gladson Cameli, de focar em produção e geração de emprego e renda”, destacou Mesquita.

Associação foi beneficiada a partir de 2019 com entrega de trator e implementos agrícolas, material de informática e mobiliário. Foto: Alice Leão

A ação conjunta com a Secretaria de Agricultura (Seagri) atende expectativas do produtor rural em um forte polo de produção de banana e café. O secretário adjunto de agricultura, Edvan Azevedo, destacou o apoio do Estado. “O governo se faz presente nessa região desde 2019 com apoio na entrega de equipamentos e implementos agrícolas, além do trabalho de mecanização da terra. Agora, a banana vai ser beneficiada e melhor preparada para o mercado consumidor”, acrescentou Edvan.

Cerca de três mil cachos de banana cumprida são produzidos semanalmente na região. As famílias recebem capacitação do Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar) e apoio do Sebrae/AC. Para o prefeito de Acrelândia, Olavo Rezende, com os investimentos, “produtores que estavam desanimados vão produzir mais e melhorar a renda familiar. Nós só temos é que agradecer o governo”, destacou o prefeito.

O diretor de indústria, Albert Azenha relatou que a comunidade do PDS Porto Luiz já foi beneficiada com aquisição de um trator agrícola, uma carreta agrícola, equipamentos de informática e mobiliários e nos próximos dias, a instalação de duas câmaras frias.

Região produtora de banana e café vai receber mais incentivos do governo do Acre com o objetivo de dobrar área plantada das culturas que aquecem a economia regional. Foto: Alice Leão

Incentivo à produção de café

O secretário adjunto de agricultura, Edvan Azevedo, anunciou durante o encontro com produtores rurais mais um incentivo para a agricultura familiar: a distribuição pelo governo do Estado de um milhão de mudas de café.

“Hoje temos 1.500 hectares de café cultivado em todo o estado, além das mudas o governo vai ajudar com adubo e perfuradores de solo. A determinação do governador é a de dobrar essa produtividade. A irrigação aqui nesse ramal já é uma realidade, eles melhoraram a produção por hectare plantado”, concluiu o secretário.

Prestigiaram ainda o encontro, os vereadores Odilon dos Santos, Beto do Trazibe, Cleuson Oliveira e Roseno Melo. O empresário João Paulo Pereira representou a Fieac. O sindicalista Natalino de Matos representou o sindicato rural.