Investimento

Governo do Acre investe na qualificação dos profissionais do Sistema Socioeducativo

Profissionais de Rio Branco, Sena Madureira, Feijó e Cruzeiro do Sul estão recebendo a capacitação em aulas presenciais e à distância (Foto: Angela Peres/Secom)

Com quase 500 servidores inscritos e um investimento de mais de R$ 350 mil, oriundos de uma parceria entres os governos federal e estadual, o Acre está capacitando profissionais que atuam no Sistema de Garantia de Direitos, envolvendo diretamente o Poder Judiciário, o Ministério Público, a Defensoria Pública do Estado, os Conselhos Tutelares, Direitos Humanos, a Secretaria de Educação (SEE), Desenvolvimento Social (SEDS) e outros órgãos ligados à socioeducação.

Mesmo em um cenário nacional de dificuldades financeiras e contenção de gastos, aqui no Acre o governador Tião Viana tem feito todos os esforços para que o funcionalismo público não deixe a desejar no atendimento ao cidadão.

O curso de formação da Escola Nacional de Socioeducação, que está sendo ofertado pelo Instituto Socioeducativo do Acre (ISE), por meio da Secretaria de Estado de Justiça e Direitos Humanos (Sejudh,) terá a duração de 11 meses, com carga horária de 330 horas.

Profissionais de Rio Branco, Sena Madureira, Feijó e Cruzeiro do Sul estão recebendo a capacitação em aulas presenciais e à distância. No fim do curso haverá a certificação pela Universidade de Brasília(UnB).

“Isso só vem a acrescentar no nosso conhecimento, porque é um curso de excelência, os facilitadores que estão nos acompanhando têm experiência na área. A carga horária tem sido levada muito a sério, eu só tenho a agradecer ao governador e ao Rafael Almeida por essa oportunidade de qualificação”, disse a assistente social da SEDS, Valdenízia Gomes de Oliveira.

O presidente do ISE, Rafael Almeida, explica que esse curso está cimentando conhecimentos nos profissionais que trabalham com a socioeducação e que a valorização do servidor é uma marca do governador Tião Viana.

“Investir no servidor público é ter a garantia de melhor qualidade no atendimento ao cidadão. Os bons resultados sempre chegam quando a gente qualifica o profissional”, destacou Almeida.

A responsável pelo setor de projetos e convênios do ISE, Gardênia Rodrigues, explica que os profissionais que trabalham no sistema socioeducativo requerem constantes conhecimentos contemporâneos.

“Nossos jovens nos apresentam demandas diferenciadas, de acordo com as mudanças que ocorrem no convívio social deles, e como profissionais da socioeducação nós devemos ter a resposta para as mais diversas situações, e por isso é tão importante a qualificação do profissional”, explica Gardênia.