conforto

Governo do Acre inicia manutenção das instalações da Maternidade Bárbara Heliodora

O Governo do Acre, por meio da Secretaria de Estado de Saúde (Sesacre), em parceria com a Secretaria de Estado de Infraestrutura (Seinfra), deu início, na segunda semana de outubro, às obras de reforma da cobertura e forro da Maternidade Bárbara Heliodora, em Rio Branco. Com investimento de cerca de R$ 300 mil, os serviços tem uma estimativa de sessenta dias para serem concluídos.

“Estávamos impossibilitados dessa manutenção, por causa do processo de tombamento do edifício, mas sabíamos da necessidade da reforma em nosso telhado. Por fim, após o cancelamento da resolução de tombamento, em junho, conseguimos a liberação. Estamos trabalhando para oferecer uma estrutura confortável e segura para os nossos pacientes”, disse a secretária de Estado de Saúde, Paula Mariano.

“Estamos trabalhando para oferecer uma estrutura confortável e segura para os nossos pacientes”, disse a secretária estado de saúde, Paula Mariano. Foto: Odair Leal/Secom

A gerente geral do Sistema Assistencial à Saúde da Mulher e da Criança (SASMC), Laura Pontes, ressaltou que a restauração é um marco dessa gestão. “A gente acredita que melhorando a estrutura, dando mais condições, vamos ter um trabalho de mais qualidade. Logo, vamos ter um atendimento mais rápido e, principalmente, pacientes felizes, satisfeitas com nossos serviços”, declarou.

Manutenção predial

Além do telhado, a maternidade, que antes comportava, também, as instalações do Hospital da Criança, vem passando por manutenção predial. Em junho, os serviços voltados à criança foram transferidos para o prédio do Instituto de Traumatologia e Ortopedia do Acre (Into-Ac), com o objetivo de reorganizar o ambiente para melhor atender as gestantes e as crianças.

Com o objetivo de reorganizar o ambiente para melhor atender as gestantes e as crianças, as instalações da maternidade e do Hospital da Criança passam por reforma. Foto: Odair Leal/Secom

Com a reestruturação da encanação, parte elétrica, reforma dos banheiros, das salas de parto, unidade de terapia intensiva (UTI) neonatal, enfermarias, e todo o restante da maternidade e do Hospital da Criança, a previsão é que o serviço seja entregue ainda em dezembro de 2022.