Governo divulga balanço de participação industrial na feira do Novenário

Cooperativas integraram a feira do evento religioso (Foto: Onofre Brito/Secom)
Cooperativas integraram a feira do evento religioso (Foto: Onofre Brito/Secom)

O fluxo de visitantes do Novenário Senhora da Glória, em Cruzeiro do Sul, mobilizou 100 mil pessoas durante toda a a semana de programação. Além da renovação da fé, o movimento foi importante para a economia local.

A Secretaria de Estado de Desenvolvimento Florestal, da Indústria, do Comércio e dos Serviços Sustentáveis (Sedens) fomentou a participação de expositores locais e as vendas foram consolidadas.

O Sebrae é o organizador da feira, realizada nos arredores da catedral. Segundo o governador Tião Viana, o balanço total foi de R$ 3 milhões, movimentadoa em turismo, pequenos negócios e empreendimentos.

Mais uma vez a presença das indústrias locais no evento teve a intenção de apresentar aos turistas e visitantes a qualidade dos produtos do Juruá.

“O terceiro setor reúne a tradição da produção local, como a cooperativa de farinha, que representa toda a cadeia produtiva composta pela agricultura familiar e as tradicionais casas de farinha. O produto recebe incentivos governamentais e em breve terá um selo” , afirma o coordenador da Sedens na regional do Juruá, Gontran Freitas.

Um exemplo bem sucedido de vendas durante o evento é a Cooperativa Artes da Floresta, que negociou um montante superior a R$ 65 mil.

A movelaria teve seis participantes e as vendas também foram satisfatórias, pouco mais de R$ 64 mil. A Cooperbiscoitos vendeu cerca de 60 quilos dos seus quitutes tradicionais.