Governo avalia 10ª edição do Arraial Cultural

Foram gerados 500 postos de trabalho e mais de R$ 172 mil em movimentação financeira

arrail_cultura_900_03.jpgA 10ª edição do Arraial Cultural superou as expectativas em relação ao faturamento e ao número de pessoas que participaram do evento. De acordo com o diretor da Fundação de Cultura Elias Mansour, Daniel Zen, a análise dos dados dos seis dias de festa consagra o Arraial Cultural como um dos maiores festivais de cultura popular da região Norte. “A avaliação não poderia ser mais positiva. A população correspondeu ao aumento da estrutura”, avaliou Daniel.

A pesquisa realizada com os permissionários revelou a superação do movimento financeiro das barracas de doces, comidas típicas, lanches, artesanato, vendedores ambulantes e brinquedos infantis. Foram arrecadados mais de R$ 172 mil, e com uma geração de 500 postos de trabalho. O questionário foi respondido por 67 dos 80 permissionários.

Além do aspecto de fomento a cultura tradicional por meio da realização do concurso de quadrilha, que neste ano contou com a participação de cinco municípios do interior, o Arraial Cultural promove ainda o aquecimento da economia com a geração de renda e postos de trabalho. E também atende ao princípio da economia solidária no sorteio dos ambulantes e das pessoas das barracas. 

danielzen_080708.jpg

{xtypo_quote}Nossa preocupação vai além da programação cultural{/xtypo_quote}

Daniel Zen

Também participaram da coletiva concedida à imprensa na tarde desta terça-feira, 8, o presidente da Liga de Quadrilhas Aurimar Fedelis, o presidente da Quadrilha Pega-Pega vencedora do Arraial Adelsimar dos Santos, a coordenadora Karla Martins, além de representantes de cada segmento que participou do Arraial Cultural 2008.

A quadrilha Pega-Pega irá representar o Estado na etapa nacional do Festival de Quadrilhas, que acontece em Goiás no período de 2 a 4 de agosto. Segundo o presidente Adelsimar dos Santos a expectativa dos 70 brincantes que compõem a quadrilha é de figurar entre os cinco primeiros colocados. “Espero uma boa colocação para representar de forma significativa nosso Acre”, disse ele.

O Governo do Estado investiu mais de R$ 500 mil na realização da décima edição do Arraial. Um dos momentos mais prestigiados foi a apresentação do artista Pinduca no sábado. Os organizadores estimam que entre o público permanente e circulante mais de 65 mil pessoas acompanharam as programações do evento.

 

karlamartins_080708.jpg

{xtypo_quote}No ano que vem vamos continuar inovando para atrair cada vez mais pessoas{/xtypo_quote}

Karla Martins

A gerente de Educação e Negócio do Instituto de Administração Penitenciária (Iapen), Solange Xavier, destacou a participação das detentas da Francisco de Oliveira Conde, por meio da exposição e comercialização do artesanato produzido por elas. “Vendemos 90% do que levamos para o Arraial. As reeducandas estão se sentindo valorizadas”, relatou Solange Xavier.