Governador se reúne com vereadores eleitos com apoio do movimento social no Acre

Cinco parlamentares se encontraram nesta quinta com Binho Marques e puderam apresentar propostas em relação ao trabalho nos municípios

vereadores_eleitos_com_apoio_do_movimento_social_agradecem_apoio_do_governador_aos_trabalhadores_rurais.jpg

Vereadores eleitos com apoio do movimento social agradecem parceria de Binho Marques aos trabalhadores rurais. (Foto: Sérgio Vale/Secom)

O governador Binho Marques reuniu-se nesta quinta-feira, 13, com os vereadores eleitos pelos movimentos sociais em vários municípios do Acre. Elias Marques (Assis Brasil), Franco Gomes (Cruzeiro do Sul), Sônia Cabral (Bujari), Evanildo Almeida (Rodrigues Alves) e Luiz Meleiro (Tarauacá) obtiveram mandato de vereador nas eleições de outubro a partir da luta dos trabalhadores da cidade e do campo e agradeceram ao governador pelo esforço que vem sendo feito em favor do desenvolvimento rural. "Com esse coletivo de vereadores e um governo sensível ao movimento, vamos dar uma alavancada nas conquistas dos trabalhadores", disse Franco Gomes, que falou em nome dos eleitos.

"Com os novos vereadores, podemos ampliar o debate municipal acerca das questões do movimento social e dos trabalhadores rurais", completou Sebastiana Miranda, presidente da Federação dos Trabalhadores na Agriculltura do Acre (Fetacre), apresentando ao governador algumas reivindicações da classe. Além dos eleitos, estiveram presentes o secretário de Articulação Institucional, Carlos Alberto Araújo, e várias lideranças de trabalhadores. Também participaram do encontro Raimundo Silva, presidente do Sindicato dos Seringueiros e Pequenos Agricultores e Assalariados Rurais de Rio Branco e Região (Sinpasa), e Raimundo Barros,  o Raimundão, suplente de vereador pelo PT de Xapuri, além de diretores da Fetacre.

O Governo do Estado mantém sistemático apoio ao fomento da produção e à organização dos trabalhadores através de convênios regularmente celebrados com sindicatos e cooperativas que representam a classe.  Esse trabalho começou com Jorge Viana e foi potencializado no governo de Binho Marques.

O governador quer ampliar o  diálogo com o movimento social, especialmente em questões que afetam diretamente a rotina dos trabalhadores rurais, como saúde, educação, políticas de produção e ramais, de modo que problemas sejam rapidamente detectados e as falhas, corrigidas de modo ágil O governador ressaltou  sua satisfação  de poder conversar diretamente com o grupo, referindo-se a ele como "bastante qualificado".  "Esta reunião mostra um novo momento do movimento social do Acre."

 

binho_marques_com_vereadores_eleitos_pelo_movimento_social.jpg

Binho Marques com vereadores eleitos pelo movimento social. (Foto: Sérgio Vale/Secom)

 

Participação para otimizar tempo e recursos

Marques quer apoio dos movimentos e envolvidos com a questão agrária em um planejamento criterioso de investimentos corretos e objetivos que reduzam as possibilidades de erros em sua execução visando aproveitar ao máximo  tempo e dinheiro.   "Vou  deixar o Estado melhor do que peguei e os dois anos que faltam para completar o mandato também vão valer por quatro", disse. O governador expressou sua confiança no mandato dos eleitos. "Sinto-me amparado porque nos próximos  anos faremos muito mais."

Em 2008, a política de ramais foi tocada só com recursos próprios do Governo. O Incra não fez nem um repasse para que Estado e municípios pudessem trabalhar nas estradas vicinais e coletoras.

Trabalho irá fazer a diferença

"Em Tarauacá, o movimento social foi decisivo para a eleição de três vereadores, sendo dois do PT e um do PC do B", afirmou Luiz Meleiro. "Somos humildes vereadores, mas vamos trabalhar para fazer a diferença", completou Sônia Cabral, que tem atuação nos movimentos sociais da cidade e do meio rural.

Os vereadores ouviram de Marques parte dos planos que irão fazer do Acre o melhor  lugar para se viver na Amazônia até 2010. O governador citou a política de valorização do ativo ambiental florestal como um programa em que ele confia muito e que certamente irá produzir resultados positivos ao longo dos próximos anos.