reforço

Governador Gladson Cameli visita sede do Idaf e anuncia prorrogação do último concurso, com expectativa de convocação de 50 novos servidores

O governador Gladson Cameli realizou uma visita na manhã desta quinta-feira, 15, à sede do Instituto de Defesa Agropecuária e Florestal do Acre (Idaf), em Rio Branco. O objetivo foi acompanhar os resultados positivos da instituição, dialogar com os servidores e vistoriar as obras de ampliação do espaço.

O governador foi recebido pelo presidente do Idaf, Francisco Thum, e pelo secretário adjunto de Agricultura, Edivan Azevedo, contando também com a presença do secretário de Estado de Governo, Alysson Bestene.

Obras de ampliação da sede do Idaf recebem investimentos de R$ 4 milhões. Foto: Diego Gurgel/Secom

As obras de ampliação, que representam um investimento de quase R$ 4 milhões, incluem novos escritórios para os servidores, equipamentos e uma ampla garagem para os veículos da instituição, que desempenha um papel fundamental em todo o estado no setor agroflorestal.

Em um anúncio exclusivo durante a visita, Gladson Cameli comunicou o pedido de ampliação do prazo de prorrogação do último concurso da instituição, com a perspectiva de convocar até 50 novos servidores, reforçando o compromisso do governo com o fortalecimento do órgão.

“Mandei renovar o vencimento do concurso. Mandei pedir a PGE pra prorrogar por mais dois anos, e há uma previsão de convocação de 50 profissionais que fizeram o último concurso. Tem todo o processo ainda, mas queremos ter esse resultado logo”, reforçou o governador.

Em primeira mão, o governador anunciou pedido de prorrogação do último concurso do Idaf. Foto: Diego Gurgel/Secom

Resultados a comemorar

O Idaf encerrou o ano de 2023 com resultados promissores para o futuro, consolidando suas ações voltadas para a segurança da produção animal e vegetal do estado. A nomeação de 432 novos servidores em maio, incluindo 40 para o instituto, reforça o compromisso do governador em fortalecer as equipes dedicadas à preservação do patrimônio agropecuário e dos recursos florestais do Acre.

Durante o ano passado ainda, foram realizadas reformas nas unidades do Idaf em Mâncio Lima, Rodrigues Alves e Plácido de Castro, modernizando as instalações, ampliando espaços, adquirindo materiais, reforçando frotas e contratando novos servidores.

Equipe do Idaf apresentou resultados para o governador. Foto: Diego Gurgel/Secom

O instituto também destaca sua contribuição para manter o Acre como uma zona livre de febre aftosa sem vacinação, conquista certificada internacionalmente pela Organização Mundial da Saúde Animal (OIE) desde maio de 2021, resultado de um esforço do governador Gladson Cameli ainda em sua primeira gestão. A aplicação da vacina contra a febre aftosa deixou de ser obrigatória desde novembro de 2019, resultado das ações conjuntas entre o Estado e o governo federal.