Infraestrutura e sustentabilidade

Governador Gladson Cameli participa de reunião com Ministério dos Transportes sobre obras de recuperação da BR-319

O governador do Estado do Acre, Gladson Cameli, juntamente com os outros governadores da região Norte e Centro-Oeste, participou da primeira reunião do grupo de trabalho da BR-319, por videoconferência, com Renan Filho, ministro de Estado dos Transportes, nesta quarta-feira, 22, para apresentar propostas e soluções que unam infraestrutura e sustentabilidade na reestruturação da rodovia e propor o diálogo, a colaboração e a coordenação, de maneira participativa.

Governador Gladson Cameli participou da primeira reunião do grupo de trabalho da BR-319. Foto: Diego Gurgel/Secom

Frente ao apoio federal, o chefe de Estado pontuou e agradeceu: “Fico feliz de contar com a colaboração do Ministério do Transporte e do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT). Juntos estamos melhor estruturando o Acre, com obras imprescindíveis, como a reconstrução da BR-364, a construção do viaduto da Corrente, em Rio Branco, e do retorno das obras do anel viário de Epitaciolândia”.

Na oportunidade, o governador agradeceu o apoio do governo federal e lembrou sobre as obras na BR-364. Foto: Diego Gurgel/Secom

Criado por meio da Portaria 1.109/2023, o grupo da BR-319 terá as seguintes competências:

Realizar um levantamento sobre a situação atual da BR-319, com foco na identificação de desafios para a otimização da rodoviária;

Analisar estudos técnicos e científicos, projetos e relatórios produzidos por outros grupos que já tenham tratado do tema;

Em 2008, grupo de trabalho do Ministério do Meio Ambiente debateu diretrizes e acompanhou o licenciamento ambiental da BR-319;

Propor medidas, inclusive normativas, para a melhoria da infraestrutura da BR-319, tendo em vista a sustentabilidade, a segurança viária e a mitigação de impactos ambientais e de mudanças do clima.

A BR-319, oficialmente Rodovia Álvaro Maia, mais conhecida por Rodovia Manaus – Porto Velho, é uma rodovia federal que inicia no município de Manaus, Amazonas, e finaliza em Porto Velho, Rondônia.
Além do governador do Acre, Gladson Cameli, estiveram no encontro os governadores do Amazonas, Wilson Lima; de Roraima, Antônio Denarium; de Rondônia, Marcos Rocha; do Amapá, Clécio Luís; do Pará, Helder Barbalho; do Tocantins, Wanderlei Barbosa Castro; de Mato Grosso, Mauro Mendes; e alguns deputados federais.