Governador discute ações para ampliação no número de leitos de UTI

Tião Viana tratou sobre o assunto com o cirurgião cardiovascular, Rogério Holanda (Foto: Gleilson Miranda/Secom)
Tião Viana tratou sobre o assunto com o cirurgião cardiovascular Rogério Holanda (Foto: Gleilson Miranda/Secom)

O governador Tião Viana conversou na manhã desta quinta-feira, 19, com o cirurgião cardiovascular Rogério Holanda, do Núcleo de Cirurgias Cardiotóxicas (NCT), atuante no Hospital das Clínicas e Santa Juliana. Na ocasião, o governador tratou sobre as iniciativas que visam expandir o número de leitos de Unidades de Terapia Intensiva (UTI) no estado.

“Esse é um dos desafios cotidianos para oferecer uma saúde com dignidade ao nosso usuário. E temos nos empenhado constantemente para isso”, disse o governador. O governo federal, por intermédio do Ministério da Saúde, já garantiu uma perspectiva de ampliação de leitos para as unidades.

Para o médico, a demanda reprimida na UTI é uma realidade nacional, tanto no setor público quanto no privado. No entanto, o governo vem tratando com prioridade e intercedendo pelo avanço dessa demanda na rede hospitalar.

“Este é um assunto sempre em pauta, em que o governo sempre se fortalece na busca por soluções”, afirmou o médico. Holanda destacou ainda que, para manter o bom funcionamento da hemodinâmica, dos cateterismos e das cirurgias cardíacas, é essencial ter um respaldo de UTI, por isso essa é uma das metas prioritárias para este ano.

Atualmente, o Hospital de Urgência e Emergência de Rio Branco (Huerb), o Hospital das Clínicas e o Santa Juliana são as unidades hospitalares que, em pleno funcionamento, disponibilizam cerca de 40 leitos de UTI. “O objetivo é expandir este número”, acrescentou o profissional.